Opinião | Amazonino, Menezes, Arthur e Omar querem o senado em 2022

Opinião | Amazonino, Menezes, Arthur e Omar querem o senado em 2022

Opinião | Amazonino, Menezes, Arthur e Omar querem o senado em 2022

Levantamento aponta que nenhum senador do Amazonas se reelegeu ao disputar a vaga de um terço do senado

Amazonino lidera corrida pelo Senado, aponta pesquisa

Marcelo Ramos declara apoio à reeleição de Omar Aziz

De cada quatro senadores que tentaram a reeleição em 2018, três não conseguiram. Essa estatística marcou a eleição mais surpreendente e com a maior renovação da história recente do Senado Federal.

Anúncios

Desde a redemocratização do país, não houve um pleito que trouxesse tantas caras novas para o tapete azul do Senado.

No total, das 54 vagas em disputa daquele ano – 2/3 do total de 81 senadores – 46 foram ocupadas por novos nomes, renovação de mais de 85%.

No Amazonas a renovação foi de 50%.

⭕

Raspando

Entre os 54 senadores, apenas oito conseguiram se reeleger. Entre eles estava o senador Eduardo Braga (MDB), que por muito pouco não perdeu a vaga para Luiz Castro (REDE). A diferença foi de apenas 0,79% (25.733 votos).

A eleição de 2018 colocou em disputa dois terços das vagas do Senado, ou duas das três de cada estado.

⭕

Uma vaga

O mandato dos senadores é de oito anos, mas as eleições para o Senado acontecem de quatro em quatro. Assim, a cada eleição, a Casa renova, alternadamente, um terço e dois terços de suas 81 cadeiras.

Na eleição de 2022, quatro anos depois, apenas uma vaga será colocada em disputa por estado (ao todo, 27).

⭕

Tendência

A renovação desta vaga ao Senado é histórica no Amazonas, e nenhum político desde a redemocratização conseguiu a reeleição, por diversos motivos.

Em 1990, Amazonino Mendes (PDC) foi eleito senador. Em 1992 foi eleito prefeito de Manaus, renunciando ao mandato.

Em seu lugar assumiu o suplente, o empresário Gilberto Miranda (PFL), que não tentou a reeleição.

Em 1998, Gilberto Mestrinho (PMDB) foi eleito senador. O saudoso Boto Navegador, não conseguiu a reeleição.

Em 2006, Alfredo Nascimento (PR) foi eleito senador. Alfredo recuou da disputa pela reeleição ao Senado, e se elegeu deputado federal.

Em 2014, Omar Aziz (PSD) foi eleito senador, e tudo indica que deverá disputar a reeleição, na busca por quebrar essa tendência histórica na política amazonense.

⭕

Candidatos

A eleição para o Senado no Amazonas será bem disputada.

Pelo menos quatro nomes competitivos mostram interesse pela vaga: Amazonino Mendes (Podemos), Arthur Virgílio (PSDB), Coronel Alfredo Menezes (Patriota) e Omar Aziz (PSD).

⭕

Pesquisa

Muitos políticos já encomendaram pesquisas e começaram a por em prática suas estratégias e seu time em campo.

Ao Direto ao Ponto o Coronel Alfredo Menezes afirmou que teve acesso a uma pesquisa interna que o coloca em segundo lugar na disputa majoritária. À sua frente, na liderança, aparece Amazonino Mendes.

Na sequência parecem Arthur Virgílio (3º lugar), Luiz Castro (4º lugar) e Omar Aziz (5º lugar).

A pesquisa feita nesse mês de abril abrangeu toda a região metropolitana, que corresponde a quase 70% do eleitorado.

⭕

Ramos desiste

Cotado nos bastidores para a disputa majoritária, Marcelo Ramos (PL) declinou da disputada pelo Senado e declarou voto e apoio à reeleição de Omar Aziz, em encontro com prefeitos e lideranças do interior.

“Quero desde já falar da importância de se renovar o mandato do senador Omar Aziz. O Senado da República, não é um espaço para amador. O Senado é um espaço para quem tem força política, autoridade e experiência”, disse o vice-presidente da Câmara dos Deputados.

⭕

Outros nomes

Chico Preto (DC) já mostrou interesse na disputa. Mas não descara concorrer a outro cargo.

Outro nome que pode surgir na disputa é Luiz Castro (Rede).

O jogo ainda está aberto e ainda é necessário aguardar o posicionamento de forças políticas que podem influenciar o pleito.

Uma coisa é certa, 2022 promete um prato cheio com acordos inimagináveis, pernadas e muitas traições.

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 98413-2214

Deixe um comentário