Opinião | Bolsonaro ataca Biden e diz não aceitar suborno

Opinião | Bolsonaro ataca Biden e diz não aceitar suborno

Opinião | Bolsonaro ataca Biden e diz não aceitar suborno

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) retrucou a fala do candidato à Presidência dos Estados Unidos Joe Biden, do partido Democrata, onde, em tom de ameaça, afirmou que poderia organizar US$ 20 bilhões (R$ 112 bilhões) para a Amazônia junto a outros países.

Anúncios
⭕

Cobiça

Bolsonaro citou a cobiça de outros países pela Amazônia e disse que não aceitará “subornos”. Biden havia dito que o Brasil está queimando a Amazônia e que, se não parar, haverá consequências econômicas significativas, caso ele seja eleito.

⭕

‘Diferentemente da esquerda’

Em publicação em rede social, Bolsonaro afirmou que o Brasil “mudou” e que o presidente da República, “diferentemente da esquerda, não mais aceita subornos, criminosas demarcações ou infundadas ameaças. Nossa soberania é inegociável”. “A cobiça de alguns países sobre a Amazônia é uma realidade. Contudo, a externação por alguém que disputa o comando de seu país sinaliza claramente abrir mão de uma convivência cordial e profícua. Custo entender, como chefe de Estado que reabriu plenamente a sua diplomacia com os Estados Unidos, depois de décadas de governos hostis, tão desastrosa e gratuita declaração”, escreveu.

⭕

Lamentável

Bolsonaro afirmou que o governo federal está atuando “sem precedentes” pela proteção da Amazônia e enxerga com bons olhos uma cooperação com os Estados Unidos, inclusive para projetos de investimento sustentável que possam gerar empregos para a população do bioma. Ele ainda falou que tem conversado com Trump sobre o assunto. “Lamentável, Sr. Joe Biden, sob todos os aspectos, lamentável”, concluiu na nota, publicada em português e inglês.

⭕

Soberania inegociável

Em suas redes sociais o deputado Capitão Alberto Neto disse que a nossa soberania é inegociável.

“A Amazônia é muito cobiçada por estrangeiros e entendemos que é nela que está a resposta para muitos questionamentos que existem no mundo, o que eles têm que entender é que a Amazônia Legal é nossa e, junto ao Governo do presidente Bolsonaro, lutarei para manter nossa floresta e, sobretudo, nossa soberania”, afirmou Alberto, que é candidato a prefeito de Manaus.

⭕

‘Amazônia é nossa’

O deputado estadual, Fausto Júnior (PRTB), se posicionou em suas redes sociais repudiando a declaração do candidato à presidência dos EUA. Com o título “Biden, a Amazônia é nossa!”, Fausto disse que a declaração foi irresponsável e recebeu como ameaça o discurso de Biden à soberania brasileira.

⭕

Mudanças climáticas

“O que me chama atenção é que no mesmo debate, em que ele afirma que o Brasil deve passar por sanções econômicas caso não se posicione sobre o desmatamento da Amazônia, ele defende que os incêndios na Califórnia são ocasionados pelas mudanças climáticas. A mudança climática só existe na Califórnia? Não existe fator climático na Amazônia? Onde passamos pelo período da estiagem, que pelo visto, eu tenho certeza que ele não sabe”, questionou Fausto.

⭕

Dos 41 vereadores, 39 buscam a reeleição

Dos 41 vereadores hoje na Câmara Municipal de Manaus (CMM), apenas um está de fora das eleições deste ano, Hiram Nicolau (PSD), mas os outros 40, estão disputando a reeleição ou são candidatos a cargo majoritário, como é o caso de Chico Preto (DC) que é candidato a prefeito.

No total temos 1.361 candidatos que buscam uma vaga na CMM.

⭕

Mais de três vezes

Entre os 39 parlamentares que tentam manter a sua cadeira na CMM por mais tempo, estão o Dr. Issac Tayah, que busca pela 7º vez a reeleição, em seguida vem Amauri Colares (Republicanos) que apesar ter ficado de fora da 13.ª Legislatura (2001-2004), busca o 6º mandato, Gloria Carratte (PL) busca o 6º mandato consecutivo e Roberto Sabino (Pode), que apesar de não ter participado da 12.ª Legislatura (1997-2000) e da 13.ª Legislatura (2001-2004), almeja alcançar o 6º mandato.

⭕

Os mais ricos

De acordo com o DivulgaCand, os cinco candidatos à reeleição mais ricos são: em primeiro lugar Marcelo Serafim (PSB) com patrimônio de R$ 1.351 milhão, em segundo lugar, Coronel Gilvandro (PSDB) com patrimônio de R$ 1.315 milhão, em terceiro Dr. Daniel Vasconcelos (PSC) com R$ 1.312 milhão, em quarto lugar, a Professora Jacqueline (Pode) com patrimônio de R$ 1.264 milhão e em quinto lugar, Reizo Castelo Branco (PTB) com patrimônio de R$ 936 Mil.

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

 

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 98413-2214

Deixe um comentário