Opinião | Com 27 dias de mandato David Almeida pode ser afastado e preso

Opinião | Com 27 dias de mandato David Almeida pode ser afastado e preso

Opinião | Com 27 dias de mandato David Almeida pode ser afastado e preso

Profissionais da saúde e idosos seguem sem vacinação em Manaus

Amazonas já recebeu 459.420 doses de vacina, mas apenas 6 mil pessoas foram vacinadas na Capital

David ataca Ministério Público e Grupo de Atuação e Combate ao Crime Organizado (Gaeco)

Com apenas 27 dias à frente da prefeitura de Manaus, o prefeito David Almeida bate mais um recorde na história da política amazonense.

Anúncios

O Ministério Público Estadual do Amazonas (MP-AM) pediu o afastamento e a prisão do prefeito de Manaus, David Almeida, e da secretária municipal de Saúde, Shadia Fraxe, na ação que denuncia irregularidades na aplicação da vacina e no favorecimento de pessoas que teriam furado a fila do grupo prioritário da vacinação contra o Covid-19.

⭕

Crimes apontados pelo MPE

De acordo com o MPE, houve fraude na fila de prioridades durante a campanha de vacinação e desvios para atender a interesses particulares do prefeito e de toda a cúpula da Secretaria municipal da Saúde, contratação irregular de dez médicos, omissão no planejamento e execução da campanha de vacinação, peculato e omissão na elaboração e na publicação do Plano Municipal de Vacinação com caráter doloso, com o objetivo de afrouxar as fiscalizações.

⭕

Afastamento

No documento, além de Shadia Fraxe, o órgão pede afastamento do subsecretário de Gestão de Saúde, Luís Cláudio de Lima Cruz, e dos assessores da Secretaria municipal de Saúde, Djalma Pinheiro Pessoa Coelho, Stenio Holanda Alves e Clendson Rufino Ferreira.

Entre os investigados, alvos de busca e apreensão, estão o secretário municipal de Limpeza Urbana, Sebastião da Silva Reis, e a secretária municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania, Jane Mara Silva de Moraes.

Além deles, uma advogada, um empresário e sua esposa também receberam a dose.

⭕

Médicos investigados

O MPE também está investigando dez médicos, que foram contratados como “gerentes de projetos”.

O órgão menciona possível crime de falsidade ideológica.

⭕

Sem vacina

Há 10 dias com as vacinas, a prefeitura de Manaus só conseguiu vacinar aproximadamente 6 mil pessoas, com pelo menos 1.513 CPFs errados e mais de 12 nomes aparecem como tendo sido vacinados mais de uma vez.

O Amazonas já recebeu 459.420 doses de vacina, em sua grande maioria para a Capital. Proporcionalmente, Manaus foi a capital que mais recebeu e menos vacinou do Brasil. Uma vergonha… ou melhor, um absurdo!

Ontem o Amazonas registrou 3.146 novos casos de Covid-19 e 136 óbitos, elevando para 7.560 o total de mortes.

⭕

Mais recordes e falsas promessas

Vale lembrar que o prefeito já está sendo investigado pela Procuradoria Geral de República (PGR) por omissão da prefeitura de Manaus no colapso do sistema de saúde após o novo aumento de casos de Covid-19.

Além da fraude na vacinação, David não cumpriu a promessa de reativação do hospital de campanha municipal, não abriu todas as UBSs para o enfrentamento ao Covid-19 e não conseguiu montar nenhuma usina de oxigênio na capital ou auxiliar os hospitais estaduais com a aquisição de cilindros de oxigênio.

⭕

David ataca MP

Sem apresentar provas de defesa contra as acusações do MP-AM, David Almeida decidiu atacar e ameaçar o promotor de Justiça, Armando Gurgel Maia, do Grupo de Atuação e Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

“Estou profundamente indignado com a atuação ilegal e arbitrária do MP e vou ingressar com as medidas cabíveis contra os responsáveis”, afirmou o prefeito em nota.

⭕

Jeitinho

Em decisão que deixou o MP, o meio jurídico e sociedade amazonense perplexa, o desembargador José Hamilton Saraiva dos Santos, que atua na Justiça Estadual, declarou incompetência para o julgamento e remeteu o caso ao Tribunal Regional Federal da 1.ª Região, que deve se posicionar até amanhã (29) sobre o caso.

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 98413-2214

WhatsApp: 92 99382-4598

Deixe um comentário