Opinião | Coronel Menezes afirma que será o coordenador da campanha da reeleição de Bolsonaro no Amazonas

Opinião | Coronel Menezes afirma que será o coordenador da campanha da reeleição de Bolsonaro no Amazonas

Opinião | Coronel Menezes afirma que será o coordenador da campanha da reeleição de Bolsonaro no Amazonas

“95% de chance do Bolsonaro se filiar ao Patriota”, afirma Menezes

Ricardo, Hiram e Beto Nicolau, do grupo Samel, iniciam viagens para o interior do AM

Governo e prefeitura pagam R$ 550,00 em auxílios para famílias em vulnerabilidades

Em entrevista exclusiva ao Direto ao Ponto, o ex-candidato à prefeitura de Manaus pelo Patriota, Coronel Alfredo Menezes, afirmou que será o coordenador da campanha de reeleição do presidente Bolsonaro no Amazonas. Segundo ele, isso já foi definido pelo presidente.

Anúncios

“Falo com Bolsonaro praticamente todos os dias. Diria que tem 95% de chances dele se filiar ao Patriota”, afirmou Menezes.

Candidato Majoritário

Menezes afirmou que é candidato a um cargo majoritário em 2022 e que tem visitado muito o interior do Amazonas, conversando com lideranças e que está organizando o partido para as próximas eleições.

“Sou um soldado do presidente. Vamos aguardar as pesquisas e a orientação do presidente para qual cargo irei disputar”, afirmou o ex-superintendente da Suframa, que pode assumir em breve mais um cargo indicado por Bolsonaro, o DNIT.

O Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte contou, só no ano passado, com um orçamento de mais de R$ 6 bilhões para obras e manutenção nos modais rodoviário e aquaviário no Amazonas.

Definição em março

O presidente Jair Bolsonaro deve definir em março o partido ao qual vai se filiar para disputar a eleição presidencial de 2022.

Ele recebeu propostas de cinco legendas: Patriota, PP, PL, Republicanos e PTB.

Mas o Patriota é o partido mais provável para filiação.

Controle total

Bolsonaro afirmou que pretende tomar a decisão de filiação (ou não) já no próximo mês de março, e disse que não escolherá uma sigla em que não puder ter “autoridade“.

O presidente quer o controle quase absoluto da executiva nacional da legenda. A presidência, a tesouraria e a secretaria geral da sigla estão entre os cargos exigidos.

Aliança Pelo Brasil

Ainda em conversa com Menezes, o ex-candidato a prefeito afirmou que a criação do Aliança Pelo Brasil segue indefinida.

“Apesar das dificuldades e burocracia, o Aliança seria o ideal. Ainda não descartamos essa possibilidade”, disse.

O Aliança Pelo Brasil tem apenas 11,5% das 492 mil assinaturas necessárias, autenticadas pelo TSE, para ser reconhecido juridicamente.

Recentemente Bolsonaro afirmou que se o partido não decolar até março, vai se filiar a outro partido.

“Temos que nos preparar para a eleição de 2022”, afirmou o presidente.

Protocolo Samel

Os irmãos Ricardo, Hiram e Beto Nicolau, do grupo Samel, iniciaram as viagens para o interior do Amazonas para ajudar as prefeituras a atualizar os protocolos de combate ao Covid-19.

Maués e Parintins foram os primeiros municípios contemplados.

Apesar dessa ação ser uma atitude louvável, também não deixa de ser uma forma de articulação política já pensando em 2022.

Auxílios de R$ 550,00

Ontem (10) o prefeito David Almeida realizou o lançamento oficial do programa social “Auxílio Manauara”. O benefício vai contemplar 40 mil famílias de baixa renda com R$ 200,00.

Outra ação da prefeitura, o programa Nossa Merenda, prevê o pagamento de R$ 150,00 para famílias de 163.600 estudantes.

Juntando-se ao Auxílio Emergencial do Governo do Amazonas de mais R$ 200,00, milhares de famílias vão conseguir aumentar a sua renda em R$ 550,00. Uma grande ajuda na renda de muitas famílias em vulnerabilidade.

Mais vacinas ao Amazonas

O deputado estadual Fausto Júnior (MDB) esteve em São Paulo, no instituto Butantan, buscando viabilizar a compra direta de 910 mil doses da vacina CoronaVac para o Amazonas. A reunião se deu com o Diretor Júridico do instituto, Paulo Capelotto, que afirmou acompanhar a situação vivida no Amazonas.

Ano passado a Assembleia do Amazonas destinou uma emenda de R$ 50 milhões para a compra direta das vacinas.

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 98413-2214

Deixe um comentário