Opinião | CPI da Saúde no AM retorna e tem nomes definidos

Opinião | CPI da Saúde no AM retorna e tem nomes definidos

Opinião | CPI da Saúde no AM retorna e tem nomes definidos

Os membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde da Assembleia Legislativa foram definidos pelos líderes dos blocos partidários e divulgados no Diário Oficial da Aleam desta segunda-feira (25).

A Comissão será composta pelos deputados: Delegado Péricles (PSL), Fausto Jr. (PRTB), Doutor Gomes (PSC), Serafim Corrêa (PSB) e Wilker Barreto (Podemos).

A CPI vai investigar as gestões de Omar Aziz, José Melo, David Almeida, Amazonino Mendes e Wilson Lima.

Vagas

O presidente da Aleam, deputado Josué Neto, informou que o bloco partidário ao qual ele pertence teria direito a duas vagas na comissão por conta do quociente partidário.

O presidente e o relator serão escolhidos na primeira reunião da comissão ainda sem data definida.

Regimento

Segundo o Regimento da Assembleia, a CPI está apta para seguir com sua reunião inaugural de instalação e eleição do presidente. E caberá ao presidente eleito a escolha do relator da comissão.

Pedido atendido

A definição dos titulares ocorreu após decisão do desembargador Mauro Bessa, do TJAM, que suspendeu a designação dos membros, a instalação e a nomeação do presidente da CPI da Saúde, realizados no dia 14 deste mês. A decisão atendeu ao pedido da deputada Alessandra Campêlo.

Contrariando o regimento

Na ação, Campêlo sustentou que Josué Neto agiu unilateralmente na formação da comissão, contrariando a Constituição Federal, a Constituição Estadual e o regimento interno da Assembleia Legislativa.

Votação do Veto

Está previsto para amanhã dia (27) na sessão virtual da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM) a votação do veto do governador Wilson Lima (PSC) ao Projeto de Lei 153/2020, que tem o objetivo de criar um novo marco regulatório de gás natural no estado do Amazonas.

Inauguração

Nesta terça-feira (26) acontece a abertura da ala indígena no Hospital de Combate à Covid-19, na Universidade Nilton Lins, com a participação do governador Wilson Lima e do ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello.

Parceria

Segundo a secretária de Estado de Saúde, Simone Papaiz, a abertura da nova ala é consequência do planejamento dos governos federal e estadual para qualificar a assistência aos povos indígenas do Amazonas durante a pandemia.

“Nunca interferi na PF”

Três dias depois da divulgação do vídeo da reunião ministerial de 22 de abril, o presidente da República veio a público se manifestar oficialmente.

“Nunca interferi nos trabalhos da Polícia Federal. São levianas todas as afirmações em sentido contrário.”.

Informantes

Dentre os informantes citados pelo presidente, estão um “colega de vocês da imprensa”, um policial civil e um capitão do Exército em Manaus, que o presidente disse serem amigos pessoais que compõem sua rede de informações.

Inquérito

O Direto ao Ponto questionou a Associação dos Delegados de Polícia Civil do Estado do Amazonas (ADEPOL-AM) que informou que não irá se pronunciar sobre a declaração do presidente.

Operação Placebo

A Operação Placebo apura indícios de desvios de recursos públicos destinados aos hospitais de campanha de Wilson Witzel.

Estão sendo cumpridos pela Polícia Federal 12 mandados de busca e apreensão no Rio de Janeiro e em São Paulo.

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

 

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 98413-2214

Deixe um comentário