Opinião | Eleições 2020: partidos são cobiçados em função do tempo de TV e rádio

Opinião | Eleições 2020: partidos são cobiçados em função do tempo de TV e rádio

Opinião | Eleições 2020: partidos são cobiçados em função do tempo de TV e rádio

As coligações para as chapas majoritárias (candidatos a prefeito) permanecem valendo para as eleições deste ano de 2020.

Anúncios

Os candidatos a prefeito poderão somar o tempo da propaganda eleitoral gratuita do Rádio/TV regulamentada pelo TSE – Tribunal Superior Eleitoral e consequentemente os TREs de cada Estado. A soma do tempo será permitida nas coligações firmadas e aprovadas nas convenções partidárias.

O Direto ao Ponto reproduziu um quadro onde é possível conferir o tempo de cada partido político.

O PT, PSL, PP, PSD e MDB são os 5 partidos que possuem maior tempo de televisão.

                                                                                                                              ⭕

Protagonismo

O horário eleitoral obrigatório de TV e rádio tende a ganhar mais protagonismo, já que será a oportunidade de muitos postulantes de se apresentarem aos eleitores.

Um dos assuntos em discussão no Congresso Nacional é a extensão do bloco de anúncios.

Certamente o peso da TV e rádio será muito maior esse ano do que nas eleições de 2018.

                                                                                                                              ⭕

Diferente

A campanha eleitoral, em meio a uma pandemia, exigirá adaptações por parte dos candidatos e dos eleitores. O cenário atípico pode ter impacto desde a fase das propagandas até os resultados.

As medidas de distanciamento social afetarão um processo que é essencialmente presencial – e pressupõe aglomerações, atos de rua, contato físico, aperto de mão. Será um grande desafio.

                                                                                                                              ⭕

Digital

Nessa eleição ganha força a campanha no ambiente digital, que terá uma relevância ainda maior do que se previa.

Nesse contexto, a difusão de fake news e a disparidade de recursos entre candidatos adquirem novas proporções.

Estratégias virtuais serão essenciais em muitos comitês.

                                                                                                                              ⭕

Desafio

Outro desafio que o pleito vai delegar aos candidatos será a necessidade de convencer os eleitores a irem às urnas. Além de buscar o voto, os políticos terão que conscientizar os cidadãos da importância do ato de votar.

A previsão de abstenção é alta na faixa dos 60 anos pra cima, o grupo mais vulnerável ao Covid 19.

Os idosos já representam quase 20% do eleitorado.

                                                                                                                              ⭕

Medo do vírus

Além disso, o presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, disse que o órgão estuda flexibilizar as punições para quem se ausentar do pleito e incluir o medo do vírus como uma das justificativas aceitáveis para não comparecer.

                                                                                                                              ⭕

Criatividade

Para além das questões práticas, estará em jogo algo mais sofisticado: o tipo de discurso que fisgará o eleitor.

A mensagem capaz de cativar o voto dependerá da percepção que recairá, quando a campanha começar pra valer, sobre os atuais gestores e políticos em geral.

Quem captar o sentimento da população e der respostas a altura das demandas mais urgentes vai sair na frente.

E se preparem, não teremos eleitores felizes até a data das eleições. Teremos um mix de revolta e desalento.

                                                                                                                              ⭕

É hoje

A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) realizará hoje (14) a eleição dos membros da Comissão Especial que irá analisar as denúncias de crimes de responsabilidade supostamente praticados pelo governador Wilson Lima (PSC) e pelo vice-governador Carlos Almeida Filho (PTB).

A reunião está marcada para começar às 11h, no Plenário Ruy Araújo, sede da Aleam. A Comissão Especial será composta pelos deputados estaduais indicados pelos blocos partidários formados no Parlamento estadual.

                                                                                                                              ⭕

30 anos de ECA

Em suas redes sociais o prefeito Arthur Virgílio destacou a importância do Estatuto da Criança e do Adolescente, que ontem completou 30 anos de existência.

“As crianças são o futuro e também a esperança que a vida nos dá, a oportunidade de ver nascer todos os dias. Respeitá-las e garantir seus direitos é uma obrigação de todos nós. Hoje, dia em que o ECA completa 30 anos, é um momento para se comemorar as conquistas alcançadas e, sobretudo, para refletirmos e continuarmos avançando na implantação das diretrizes que garantam o desenvolvimento integral das nossas crianças e, assim, possam crescer de maneira plena e se tornarem cidadãos conscientes e participativos. #30anoseca”.

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

 

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 98413-2214

Deixe um comentário