Opinião | Filiação de Bolsonaro no Patriota fortalece candidatura de Coronel Menezes ao Senado

Opinião | Filiação de Bolsonaro no Patriota fortalece candidatura de Coronel Menezes ao Senado

Opinião | Filiação de Bolsonaro no Patriota fortalece candidatura de Coronel Menezes ao Senado

Menezes: “Meta é fazer dois deputados federais e um senador”

‘Vai colocar o partido no time dos grandes’, diz Felipe Souza

Rio Negro atinge cota histórica dos últimos 100 anos com 29,98 metros

Filiação

A filiação do presidente Jair Bolsonaro ao Patriota, anunciada pelo filho 01, Flávio Bolsonaro, ontem (31) durante a convenção do partido, terá consequências diretas e imediatas no Amazonas.

Anúncios

A mudança de “casa” do presidente tende a fortalecer a candidatura de Coronel Menezes ao Senado, já que ele disputou a Prefeitura de Manaus no ano passado pela sigla ficando em 5º lugar com 110.805 votos.

Para Menezes, esse é o casamento perfeito, visto que uma de suas principais bandeiras de campanha em 2020 foi a proximidade com Bolsonaro e continuará sendo em 2022.

Fortalecimento

O ingresso de Bolsonaro deve alavancar o Patriota no Estado.

Atualmente, o partido tem o deputado estadual Felipe Souza – que é o presidente – e três vereadores em Manaus: Joelson Silva, Ivo Neto e Dione Carvalho.

É provável que todos sejam candidatos – dois para deputado estadual e um para deputado federal – e somem esforços para aumentar o número de cadeiras da sigla no Parlamento.

Bons olhos

“Vejo com bons olhos a filiação do presidente ao Patriota. Isso já estava sendo costurado há muito tempo. Já era para o presidente ter concorrido em 2018, o nome do partido, inclusive, foi sugerido por ele. Com certeza irá fortalecer o partido nos estados e nos colocará no time dos grandes”, destacou Felipe Souza.

Em 2018, o TSE aprovou a alteração do nome e da sigla do Partido Ecológico Nacional (PEN) para Patriota (Patriota).

Meta ousada

De acordo com Menezes, a meta do Patriota é eleger um senador e dois deputados federais no Amazonas. O coronel, inclusive, já havia projetado em entrevista ao Direto ao Ponto em março, que Bolsonaro migraria para o seu partido.

“Ele (presidente) quer fazer de 12 a 15 senadores e chegar a 70 federais, para ele poder governar com tranquilidade. Cada estado tem uma cota. Aqui é fazer um senador e dois federais”, afirmou.

Capitão e Delegado na área

Assim que Bolsonaro oficializar sua filiação a tendência é a migração de outros deputados para a sigla.

Capitão Alberto Neto (Republicanos) e Delegado Péricles (PSL), podem ser dois nomes a ingressar no Patriota.

A verdade é que, muita água ainda vai rolar debaixo da ponte e as articulações só estão começando.

Coadjuvante

Por conta da proximidade com o presidente nacional do Patriota, Adilson Barroso, o atual presidente da sigla no Amazonas, Felipe Souza, ainda tem chances de permanecer na presidência, no entanto, é Menezes quem deverá dar as cartas no partido.

Em diversas ocasiões, o coronel da reserva do Exército Brasileiro já afirmou que a ordem de Bolsonaro é que ele organize o palanque no Estado e coordene a campanha.

Candidato ao Governo

Com a nova configuração, começam a surgir conjecturas em torno de nomes para a disputa de governador do Amazonas.

Recentemente foi especulado que o ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, poderia ser candidato por aqui.

No entanto, de acordo com Menezes, não há, por ora, nenhuma articulação nesse sentido.

“Ele (Bolsonaro) não tem interesse no Governo hoje. Pode ser que mude daqui a seis meses”, afirmou.

Cota histórica

O nível do Rio Negro, em Manaus, atingiu 29,98 metros nesta terça-feira (1), se tornando a maior cheia dos últimos 100 anos na capital amazonense.

Este é o maior nível atingido desde 1902, quando a cota da água começou a ser registrada.

A previsão é ainda que o rio alcance 30 metros, fique estabilizado e nas próximas semanas comece a baixar.

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

Fale com a gente:

Rebeca a coluna no seu WhatsApp: 92 98422-0558

Redação: 92 99189-4271

Editor-chefe: 92 99109-1099

Deixe um comentário