Opinião | Manaus não é puxadinho da casa do prefeito

Opinião | Manaus não é puxadinho da casa do prefeito

Opinião | Manaus não é puxadinho da casa do prefeito

David Almeida vive em um universo paralelo

Secretária Municipal de Saúde confronta juíza federal: “Estou sim na linha de frente e totalmente dentro dos critérios do MS”

Vereador Amom aponta mais irregularidades em lista de vacinação: “12 nomes repetidos e 1.513 CPFs “errados”

Políticos, secretários municipais, empresários, advogados, falsos médicos, jovens sem nenhuma comorbidade: todos na na lista de imunizados da prefeitura de Manaus. Essas pessoas estão burlando a ordem de prioridades estabelecida no plano federal de imunização contra o Covid-19.

Anúncios

O espetáculo desavergonhado que foi destaque nacional do “eu primeiro” acontece mesmo diante da escassez de doses disponíveis no momento, que são insuficientes até para proteger o conjunto dos profissionais da saúde, prioridade das prioridades.

⭕

Vergonhoso

Em Manaus, a mais devastada das capitais do país, a vacinação chegou a ser suspensa por dois dias pela prefeitura para que se pudesse “organizar” o Plano de Imunização e redefinir critérios.

Fomos os únicos, dos 5.568 municípios do Brasil, a suspender a vacinação.

⭕

Universo paralelo

Enquanto isso, o prefeito David Almeida segue tentando se justificar, culpando tudo e todos, sem capacidade e humildade para uma autocritica. A atitude e o exemplo dão liberdade e levam seus secretários a destratarem e desrespeitarem servidores do município e jornalistas que fazem o seu papel de informar a população. Não é por aí…

Para tentar mudar o foco do assunto, David tentou construir uma agenda diferente no final de semana. Chegou a ser bizarro, o prefeito parar de combater a maior urgência de saúde em um século para visitar áreas com erosão e acompanhar a construção das 22 mil covas no cemitério municipal.

⭕

Levante

Edmund Burke dizia que “Para que o mal triunfe basta que os bons fiquem de braços cruzados.”

Nos últimos dias vimos diversos atos de independência e coragem de órgãos de controle, veículos de comunicação, alguns políticos e da juíza federal Jaíza Fraxe, que vem sendo implacável em suas decisões.

O recado foi dado. Manaus não tem dono, Manaus é de todo cidadão de bem que aqui reside.

⭕

Determinação

A juíza federal Jaíza Fraxe, determinou que os indivíduos que furaram fila para receber a primeira dose da vacina contra o Covid-19, não poderão tomar a segunda dose, e caso insistam no ato ilícito, ficam sujeitos à prisão em flagrante.

⭕

Sem desculpas

A juíza salientou que a Secretária de Saúde de Manaus não possui o direito à vacina se não estiver na linha de frente de combate à Covid-19 e que visitar unidades de saúde não é estar na linha de frente.

A magistrada afirmou que tem visitado várias unidades e nem por isso ousou pedir ou receber a vacina, assim como a Diretora da FVS-AM que não ousou pedir a vacina e anteontem faleceu de COVID19.

⭕

Confronto

A secretária municipal de saúde, Shádia Fraxe, confrontou a juíza em entrevista a um portal e disse estar sim na linha de frente.

“Resolvi tomar a vacina totalmente dentro dos padrões do que dizia a diretriz do Ministério da Saúde, afinal, sou médica e tenho inúmeras responsabilidades de uma pasta complexa que é a Saúde!”, afirmou a secretária da Semsa.

⭕

Pedra no sapato

O vereador Amom Mandel vem surpreendendo e sendo uma pedra no sapato do prefeito David Almeida.

Nesta segunda-feira (25), Amom afirmou que passou a madrugada com sua equipe checando a lista dos imunizados pela prefeitura de Manaus, e achou milhares de irregularidades.

“12 nomes repetidos e 1.513 CPFs “errados”. Dá-lhe, madrugada.”, afirmou o vereador, convocando a população a ajudar na apuração e encaminhar as denúncias para as suas redes sociais.

⭕

Exonerado

Quem também apareceu na lista dos fura-filas foi Gerberson Oliveira, funcionário do Governo do Amazonas. Ao tomar conhecimento do caso, o governador Wilson Lima foi direto ao ponto.

“Acabei de tomar conhecimento que um funcionário da Casa Civil foi indevidamente vacinado. NÃO COMPACTUAREI COM ESSE TIPO DE PROCEDIMENTO! Já determinei a exoneração do mesmo e a apuração do fato”.

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 98413-2214

WhatsApp: 92 99382-4598

Deixe um comentário