Você está visualizando atualmente Opinião | Mandetta: ‘Zona Franca foi porta de entrada do Coronavírus’

Opinião | Mandetta: ‘Zona Franca foi porta de entrada do Coronavírus’

Opinião | Mandetta: ‘Zona Franca foi porta de entrada do Coronavírus’

O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse acreditar que o Covid-19 entrou no Brasil por Manaus, pelo grande trânsito empresarial do Polo Industrial de Manaus (PIM). A afirmação foi feita em entrevista à jornalista Leda Nagle, em seu canal do Youtube.

Tese

Mandetta acredita que o vírus começou a circular na capital por dois seguimentos. Na classe média e alta pela freqüência que a população viaja aos Estados Unidos da América (EUA), principalmente Miami e pelos recorrentes vôos provenientes da China, pela rotina de negócios que empresários chineses possuem com a Zona franca de Manaus (ZFM).

Comprovada

A tese será comprovada, segundo o ex-ministro, quando for feito o inquérito sorológico na população manauara. Isso mostrará o percentual da população que tem ou teve o vírus.

“Vai voltar para o período de normalidade, porque as pessoas terão adquirido imunidade”, disse.

Imunidade por rebanho

O empresário e diretor presidente da Bemol, Denis Minev, encomendou um estudo independente estimando que, em Manaus, 45% da população (982 mil pessoas) já teriam sido infectadas pelo Covid 19.

Em outras palavras, Manaus pode ser a primeira cidade do mundo a ter imunidade populacional (por rebanho).

O estudo também aponta que uma a cada 263 pessoas que se infectou em Manaus, morreu.

1000% de crescimento

O número de mortes por Covid-19 no Amazonas aumentou 1.074% em um mês.

Segundo dados da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), o estado contabilizava 124 mortes no dia 15 de abril. Um mês depois, o número de óbitos saltou para 1.331.

Já o número de casos confirmados da doença saltou de 1.554 para 18.392 nesse período.

Mais um dia de vitória

No último final de semana circularam nas redes sociais, imagens de médicos e enfermeiros dos Hospitais 28 de Agosto e João Lúcio, comemorando a diminuição das internações por conta do Covid 19.

De acordo com ambas as postagens, as equipes da linha de frente, respiravam “um pouco aliviados” e agradecidas porque a famosa “Sala Rosa”, onde pacientes confirmados pelo cornavírus ficam internados, estavam praticamente vazias e não registraram óbitos.

Guarda alta

Em suas redes sociais o prefeito Arthur Virgílio disse que a luta contra o Covid-19 precisa continuar e que não se pode baixar a guarda.

“Peço para que a população continue com os cuidados preventivos e seguindo o isolamento social para evitarmos um novo pico da doença.”, afirmou o prefeito.

Teste Covid 19

A Semcom informou que o prefeito de Manaus já realizou três testes e todos deram negativos. Além disso, Arthur fez tomografia, que mostrou que o pulmão estava limpo.

Já a primeira-dama de Manaus, Elisabeth Valeiko Ribeiro, testou positivo para o novo coronavírus, mas já se encontra fora do período de transmissão. Não apresentou sintomas e se manteve em isolamento social, como preconiza os órgãos de saúde.

Vacina

A empresa americana de biotecnologia Moderna anunciou nesta segunda-feira (18) resultados animadores sobre a vacina que está sendo desenvolvida contra a Covid-19 – apesar de ainda estar no início dos testes clínicos.

De acordo com comunicado da companhia, esta vacina parece gerar uma resposta imunológica ao coronavírus (Sars-CoV-2) similar à que desenvolvem os pacientes que já se recuperaram da doença.

Previsão

Se tudo correr como previsto, em julho, a vacina poderá ser testada em pessoas. A companhia está otimista, e, já prepara sua estrutura para ampliar a fabricação da vacina em larga escala.

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

 

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 98413-2214

Deixe um comentário