Você está visualizando atualmente Opinião | Manifestação em Manaus divide diferentes pontos de vista políticos

Opinião | Manifestação em Manaus divide diferentes pontos de vista políticos

Opinião | Manifestação em Manaus divide diferentes pontos de vista políticos

A manifestação “pró-democracia” organizada nas redes sociais por integrantes do movimento “Amazonas pela Democracia”, interditou a Avenida Djalma Batista, em Manaus, na tarde desta terça-feira (2).

Contra

Os manifestantes protestaram contra o pedido de medidas inconstitucionais e antidemocráticas, por parte dos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, incluindo intervenção militar, o fechamento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal (STF).

‘Não a opressão’

O organizador do evento, Matheus Castro explicou que o objetivo da manifestação é dar um basta em movimentos que vão contra a democracia.

“Nesse processo, a gente vem enquanto sociedade civil para restabelecer o nosso compromisso com a democracia e dizer não a todo tipo de opressão”, explicou.

Direito do cidadão

O policial civil Odirlei Araújo participou da manifestação e disse que lutar pela democracia é um direito de todo cidadão.

“Todos nós temos o direito de expressar nossos pensamentos. Por isso, a democracia é importante para o nosso país. Mesmo sendo policial civil, eu não aceito os desmandos que estão ocorrendo nesse governo, principalmente quando se exalta o fascismo e a volta da ditadura”, comentou.

Um Brasil melhor

Em contrapartida, um autônomo bolsonarista que passava pelo local, disse que a democracia tem que funcionar para ambos os lados.

“Vim fazer compras aqui e encontrei esse movimento todo. Acredito que o Bolsonaro está fazendo o trabalho dele. É um direito deles de protestar, mas a democracia tem que funcionar para os dois lados. Eles protestam em defesa dos negros. E nós lutamos para ver um Brasil de todos melhor”, disse.

Pacífica

Os manifestantes se reuniram em um posto de combustível e caminharam cerca de 2 quilômetros, encerrando o percurso nas proximidades de um shopping. A Polícia Militar acompanhou a passeata, que aconteceu de forma pacífica, sem registro de vandalismo ou de pessoas detidas.

De acordo com a organização, cerca de 1,5 mil pessoas participaram do ato. A Polícia Militar fala em 500 pessoas.

‘Questão de poder’

Em suas redes sociais o deputado federal Capitão Alberto Neto ressaltou que os mesmos que criticaram as manifestações pró-Bolsonaro, devido ao coronavírus, são os mesmos que incentivam as pessoas irem às ruas pedir o “fora Bolsonaro”, disse.

“Salvar vidas? Não! Essa é uma questão de poder!”

O parlamentar também parabenizou a ação da Polícia Militar do AM por ter impedido a vandalização da bandeira do Brasil durante o protesto.

“Nossa bandeira jamais será vermelha.”

Democrática e cidadã

Já o deputado federal Marcelo Ramos parabenizou os jovens pelo protesto pacifico e contra o autoritarismo.

“Hoje milhares de jovens tomaram as ruas de Manaus em defesa da Democracia e contra o Racismo. A grande maioria do povo brasileiro abomina o autoritarismo e o preconceito! Parabéns a juventude manauara pela bela e pacífica manifestação democrática e cidadã”.

Retirado de pauta

O veto governamental ao projeto de lei 153/2020, mais conhecido como a “lei do gás natural”, previsto para entrar em votação nesta quarta-feira (3) foi retirado de pauta.

O projeto que prevê a abertura do mercado de gás natural no Estado, é unanimidade entre os parlamentares no que diz respeito ao mérito.

Mas divide opiniões no que diz respeito a constitucionalidade entre a base do governo e deputados que apóiam o projeto de autoria do presidente Josué Neto.

A matéria precisa ser votada até o próximo dia 9 para não trancar a pauta da Casa.

Operação da PF

A Polícia Federal cumpriu na manhã desta quarta-feira (3), 85 mandados de busca e apreensão em onze municípios, sendo oito no Acre e três no Amazonas – Boca do Acre (AM), Pauiní (AM) e Guajará (AM). A Operação Off-Label ocorre após ser constatadas fraudes em contratos da Saúde de 2017 a 2019.

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

 

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 98413-2214

WhatsApp: 92 99382-4598

Deixe um comentário