Você está visualizando atualmente Opinião | Primeira pesquisa para a prefeitura de Manaus em 2020

Opinião | Primeira pesquisa para a prefeitura de Manaus em 2020

Primeira pesquisa eleitoral para a prefeitura de Manaus em 2020 publicada pela Pesquisa 365 divulgada nesta segunda-feira (05), mostra o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, David Almeida (PSB), liderando as intenções de voto com 21,3%.

Em segundo colocado aparece José Ricardo (PT) com 12,3%. Em terceiro Marcos Rotta (Sem Partido) com 11,6%.

Na sequência temos Marcelo Ramos (PR), 9,5%; Luiz Castro (REDE), 7,8%; Hissa Abrahão (PDT), 7,4%; Rebecca Garcia (PP), 6,4%; Silas Câmara (PRB), 3,1% e Pauderney Avelino (DEM), 2,4%.

Nenhum deles ou não sabem dizer totalizaram 18,2%.

O estudo foi realizado entre os dias 29 de outubro a 1 de novembro e tem uma margem de erro de 1,8%, para mais ou para menos.

Outros nomes

Na Pesquisa 365 foram inseridos nove nomes para a disputa, mas outros nomes devem surgir como: Plínio Valério (PSDB), Capitão Alberto Neto (PRB), Delegado Pablo (PSL) e Carlos Almeida (PRTB).

Dependendo do desempenho do presidente Bolsonaro e do governador Wilson Lima, também podem surgir nomes na disputa como: Eduardo Braga (MDB), Omar Aziz (PSD), Vanessa Grazziotin (PCdoB), Alfredo Nascimento (PR) e Amazonino Mendes (PDT).

Mudança no primeiro escalão do governo

O jornalista Célio Jr. não comanda mais a Secretaria de Comunicação do governo Amazonino Mendes. Assume o jornalista Paulo Castro.

Restando dois meses de mandato o novo responsável pela comunicação tem como desafio reaproximar o Governo da imprensa, ajudar na transição e encerrar uma gestão defendendo um legado não só de 15 meses, mas de quem esteve há décadas atuando na política amazonense. 

Lei do abate

Defendida pelo governador eleito do Rio, Wilson Witzel (PSC), a autorização a ser dada a policiais para “abater” criminosos que estiverem portando fuzis é defendida pelo recém eleito deputado federal, Capitão Alberto Neto, que quer trazer para o Amazonas a iniciativa.

“Vou lutar para que essa lei chegue ao Amazonas e seja cumprida. Para que quando – bandidos – andarem armados com armas de grosso calibre sejam abatidos e colocados em seu devido lugar. Me aguardem bandidagem!” Afirmou o Capitão em publicação no Facebook.

Apesar da maioria da população apoiar a ideia, para muitos especialistas a utilização de snipers só poderá ser colocada em prática caso a legislação seja mudada.

Hoje a lei afirma que o policial só pode atirar caso o bandido atire primeiro, ou seja, o policial só pode agir em legítima defesa própria ou de terceiro, o que mudaria com a nova lei é que o bandido portando arma de grosso calibre já seria considerado “hostil” e poderia ser “abatido”, sem que atirasse primeiro.

Alvo

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio (PSDB), aos poucos vai se tornando o alvo dos postulantes ao cargo disputado em 2020.

Mais uma vez sua fala não passou em branco. Dessa vez após elogiar a nomeação do juiz Sérgio Moro como Ministro da Justiça, foi questionado por Marcelo Ramos no seu facebook.

“Quanto cinismo! Nem parece o mesmo Artur que após ser incluído por Moro na lista dos que receberam propina da Odebrecht, fez duras críticas ao juiz.”

Críticas

As críticas de Ramos ao prefeito não pararam por ai.

“Artur é contumaz na tática de tergiversar. Insiste em dar palpites nas questões nacionais, saudoso de um prestígio nacional que já não tem, como forma de afastar da pauta os problemas da cidade que governa, ou pelo menos, deveria governar.

Artur, o povo de Manaus não lhe elegeu pra ficar dando palpite sem qualquer relevância sobre a política nacional.

O povo de Manaus quer saber sua opinião sobre o BRT, que você prometeu como solução pro transporte coletivo e não fez; sobre as creches pra atender nossas crianças, que você prometeu e não fez; sobre a cidade inteligente pra dar qualidade e eficiência aos serviços públicos, que você também prometeu e não vez.”

Marcelo concluiu seu texto com a seguinte afirmação: “Sobre os problemas da cidade, o silêncio do Prefeito é ensurdecedor.”

Sumido

Quem sumiu já faz 28 dias foi o senador Omar Aziz (PSD). Desde o dia 08 de outubro não há atualiza suas redes sociais.

Disputa pela presidência de OAB esquenta

Um dos maiores escritórios de advocacia de Manaus, localizado nas imediações do Fórum Henock Reis, está em pé de guerra com por conta das eleições para a presidência da OAB-AM.

De um lado um sócio aliado do advogado Marco Choy, do outro, um sócio aliado de Jean Cleuter.

De tão exaltados os ânimos até um mediador foi contratado para desfazer a sociedade.

E mais, a briga chegou até um dos candidatos à presidência da OAB com direto a chantagem e tudo para desistir da disputa.

Três chapas disputam a eleição para a ordem que acontece dia 28 de novembro.

Presidente Moro

Ao aceitar o desafio de largar a toga para se tornar ministro do governo, Sergio Moro atravessou a fronteira que o separava da política e já se cacifa, inclusive, para a sucessão do próprio Jair Bolsonaro.

Se antes incomodava a ideia de deixar o posto de juiz para ser candidato, agora o caminho parece mais livre para uma candidatura presidencial. Claro que tudo dependerá do desempenho do futuro superministro (e de seu chefe).

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook:
 facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

 

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 984132214                                                                                                                               

E-mail: [email protected]

Deixe um comentário