Opinião | Primeiros 100 dias de Aleam

Opinião | Primeiros 100 dias de Aleam

Nesta terça-feira (14), a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) vai realizar uma Sessão Especial para apresentar a prestação de contas dos 100 primeiros dias de atuação da 19ª Legislatura.

Anúncios

A iniciativa é do presidente da Casa, Josué Neto (PSD), com o objetivo de dar destaque destacar às principais atividades dos 24 deputados durante este período.

Protagonismo

O grupo de deputados estaduais, que se modificou não apenas nos nomes mas também no perfil dos parlamentares vive, até o momento, um período de sintonia com a população, se comparado às gestões passadas, hoje com uma Assembleia mais plural, independente e protagonista nas decisões que anteriormente eram restritas a caciques e grupos políticos.

Presidente deixa marca

A gestão do presidente da Aleam, deputado Josué Neto (PSD) e da mesa diretora, é marcada pelo dialogo, dando voz à toda sociedade e sendo o principal interlocutor com o executivo.

Hoje há a constatação positiva de que a transparência tem se acentuado, com mais parlamentares prestando contas de suas atividades de maneira mais rápida e dinâmica.

Além disso, a Casa passou a transmitir as sessões plenárias ao vivo no YouTube, Facebook, Instagram e Twitter. Iniciativa legal.

Limite máximo

O governador do Amazonas, Wilson Lima anunciou, nesta segunda-feira (13/05), que vai encaminhar para a Aleam Projeto de Lei com a reposição salarial da data-base dos profissionais da educação, que será de 4,73%, limite máximo do que pode oferecer à categoria em 2019, sob pena de comprometer todo o funcionalismo público, conforme a contraproposta apresentada aos sindicatos da categoria na semana passada.

Além disso, o governador assegurou que vai começar a pagar progressões de carreira horizontais e verticais, dobrar o valor do auxílio localidade, reajustar o auxílio alimentação e ampliar o vale-transporte dos professores que cumprem 40 horas.

Aberto ao diálogo

Wilson Lima lamentou o uso político-partidário da greve e disse que está aberto ao diálogo com os professores.

Movimento político-partidário

Sem citar nomes, o governador disse que “é fácil saber” quem está por trás desse movimento grevista. “Interessa ao aluno, ao professor e ao governo do Estado? Não. Só interessa ao movimento político-partidário que está por trás desses líderes. No momento que você puxa o histórico desses grupos, a ficha desses grupos, é fácil saber quem está por trás”, declarou.

Viralizou

Nos últimos dias, circulou nas redes sociais e no whatsapp um áudio onde uma mulher se identifica como professora e revela o que seria uma sórdida “armação” do Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Amazonas (Sinteam) com o objetivo de usar a greve dos professores para negociar cargos para membros do PCdoB no Governo do Amazonas.

O áudio acusa a ex-senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB) de estar por trás da greve dos professores.

“Áudio Fake”

Questionada pelo Direto ao Ponto sobre seu suposto envolvimento com o movimento grevista, Vanessa Grazziotin se mostrou surpresa e disse ficar claro se tratar de uma armação, de um áudio fake. Para ela o envolvimento do seu nome não passa de uma tentativa desesperada de quem está perdendo a batalha.

“É muito comum em uma luta, que a forma de defesa seja o ataque. Fica clara a tentativa do governo de enfraquecer o movimento dos professores”, afirmou Vanessa.

Culpa do Melo, David e Negão

O senador Omar Aziz (PSD) responsabilizou os ex-governadores José Melo (sem partido), David Almeida (PSB) e Amazonino Mendes (PDT) pela greve dos professores.

“Infelizmente, os governadores que antecederam Wilson Lima (PSC) não cumpriram com o seu dever. Depois que eu saí do governo, não se cumpriu mais as datas-bases, se acumularam e agora estão colocando tudo em cima do atual governador”, disse o senador.

Alta

O ex-governador Amazonino Mendes recebeu alta nesta segunda-feira, segundo informou sua assessoria. Amazonino estava internado no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, onde foi submetido a uma série de exames para controle do diabetes.

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

 

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 98413-2214

WhatsApp: 92 99382-4598

Deixe um comentário