Você está visualizando atualmente Opinião | Procura-se um vice e dois Senadores

Opinião | Procura-se um vice e dois Senadores

Em coletiva de imprensa na tarde desta quinta-feira, dia 5, o senador Omar Aziz (PSD) lançou sua pré-candidatura ao Governo do Amazonas e afirmou que está atrás de um vice e dois candidatos ao Senado para compor a chapa. Omar também disse que vai construir uma chapa competitiva com nomes de peso para vagas de deputado federal e estadual.

Tudo será definido até o dia 4 de agosto, dia da convenção partidária do PSD.

Articulações

Omar busca apoios e alianças. Já iniciou as conversas com partidos e lideranças para ter musculatura, tempo de rádio, televisão e condições para chegar ao segundo turno.

Até agora tudo em aberto. Sem a confirmação do apoio do PSDB de Arthur e do PR de Alfredo, a chapa segue sem vice e sem candidatos ao Senado. Pauderney do DEM, que está fechado com Omar, tende a recuar da aventura de concorrer ao Senado devido a alta rejeição que adquiriu por conta de sua proximidade com Temer e o baixo desempenho nas pesquisas.

Cumpro o que prometo

Ao comentar as características que o diferenciam do atual governador Amazonino Mendes, o senador Omar Aziz foi direto ao ponto, “cumpro o que prometo. Isso me diferencia dele e de muitos outros”.

Omar ainda afirmou que se eleito, a sua gestão fará uma revolução na transparência e na participação da sociedade na administração dos recursos públicos.

Reajuste dos militares

Terminou em 21 a zero a votação do reajuste salarial dos Policiais e Bombeiros Militares, na Assembleia Legislativa, nesta quinta-feira (5). O governo ofereceu 24% de aumento, mas diluídos em três anos, sendo que neste ano a categoria só vai levar mesmo 4,08% de aumento, retroativos a abril.

O restante está do jeito que brasileiro gosta: parcelado a longo prazo. Para as datas-bases de 2015 e 2017, o percentual é de 10,85% e será pago a contar de 1º de abril (toc, toc, toc) de 2019. Já a de 2016, acrescida da revisão de 2019, é de 9,27%, a contar de 1º de abril de 2020. 

Reclama, mas vota

A votação em plenário não foi tão tranquila, mas como o acordo já havia sido costurado na quarta-feira (4), a oposição reclamou, xingou, esbravejou mas teve que aprovar o Projeto de Lei.

A unanimidade só não foi de 100%  porque Josué Neto estava com o senador Omar Aziz (PSD) que se lançou candidato ao governo, José Ricardo está com sarampo e Carlos Alberto justificou sua ausência com compromissos pessoais.

Civis rebelados

Nem deu tempo de esfriar o bate-boca em torno do reajuste dos PMs, e os Policiais Civis já estão com a boca no trombone.

Esperavam que o governo enviasse para a Assembleia Legislativa, junto com o Projeto de Lei dos militares, o reajuste da Polícia Civil, mas o prazo termina no sábado e, até a noite desta quinta-feira (5), nada de reajuste.

O presidente da Associação de Delegados da Polícia do Estado do Amazonas (Adepol-AM), Mário Jumbo Aufiero, já declarou que vai haver greve.

Flanco aberto

Líder da oposição na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), o deputado David Almeida (PSB), engoliu a derrota no caso dos militares, mas não se deu por vencido.

Já prometeu ataque por outro lado às fileiras do governador Amazonino Mendes. Agora, a briga é pelo cumprimento das emendas impositivas.

“Se os recursos das emendas parlamentares impositivas não forem liberadas, nada do Governo do Estado que implique aumento de impostos será votado a partir desta data”, jurou David. 

Lobo agora é réu

O Ministério Público do Estado oficializou denúncia contra o ex-secretário de Estado da Fazenda (Sefaz), Afonso Lobo, por estar supostamente envolvido em recebimento de propina de R$ 1 milhão do empresário Mouhamad Moustafa, que comandou esquemas milionários de desvios da Saúde Pública.

Cheirinho no ar 

Tem algo de muito errado acontecendo em Coari, no campo da Justiça. Dois dias depois de o juiz do município, Fábio Lopes Alfaia, retirar o promotor de Justiça Wesley Machado do setor, o comando do MP em Manaus enviou oito novos promotores para a cidade!

Oito promotores que vão passar um pente fino nos processos que tramitam em Coari. Quatro deles foram designados a ficar por três meses. E outros quatro ficaram por seis meses. Tem ou não tem muita coisa errada nessa cidade?

Sarampo está assustando

“O sarampo era uma doença erradicada no Brasil, mas em virtude da chegada, sem controle sanitário, de milhares de venezuelanos no país por meio do Estado de Roraima, a doença voltou e o Amazonas e Roraima voltaram a viver um surto da doença”.

O alerta é do presidente da Aleam, deputado David Almeida, que já pediu para a Diretoria de Saúde da Casa iniciar uma campanha de vacinação dos servidores.

Emergência

Há quatro dias, a Prefeitura de Manaus chegou a decretar situação de emergência na capital, confirmando 271 casos de sarampo. Até o deputado José Ricardo divulgou nota informando que pegou a doença.

 Quadro tenebroso

Se depender da qualidade da Saúde em Manaus o sarampo vai se espalhar sem o menor controle nos próximos meses. Isso porque o Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM) divulgado na semana passada, diz que Manaus é a pior capital do país em qualidade de Saúde. E é a quarta pior capital em geração de emprego, renda e Educação;

Ipixuna é a pior

Já no âmbito municipal, entre mais de 5.500 cidades brasileiras, Ipixuna, localizada na calha do Juruá, é a pior em termos de atendimento de Saúde.  Último e desonroso lugar.

 Suframa explica

Na sexta-feira (7) a Secretaria de Inovação e Novos Negócios do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (SIN/MDIC) e a Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) vão oferecer uma palestra ao setor de informática da ZFM para falar sobre a Medida Provisória nº 810, de 11 de dezembro de 2017, que promoveu alterações na Lei de Informática da Zona Franca de Manaus (Lei nº 8.387/1991).

A nova regulamentação prevê novos procedimentos para as empresas do pólo industrial. A palestra será no auditório da Suframa, a partir das 10h.

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook:
 facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

 

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 984132214                                                                                                                               

E-mail: [email protected]

 

 

 

Torcedor misterioso

Yury Torsky, o russo que torceu pelo Brasil no jogo contra o México e cuja imagem virou meme – com o apelido de “Psicopata do Hexa”– nas redes sociais, irá ao jogo Brasil x Bélgica em Kazan hoje.

Engenheiro aeroespacial que mora em Samara, lugar da partida anterior, Torsky foi convidado por uma das patrocinadoras da seleção brasileira e viajará a Kazan, a mais de 300 km de sua cidade.

Em seu perfil no VK, uma espécie de Facebook russo, Torsky ainda tenta se acostumar com a fama. “É tudo muito louco para mim! Eu só me dei conta de tudo isso hoje de manhã quando abri minhas redes sociais e vi tantas mensagens”, disse ele em entrevista ao Globo Esporte ontem.

Se vencer, Seleção ‘fugirá’ de Brasília

A CBF definiu que, se voltar da Rússia vencedora, a Seleção vai desembarcar e festejar no Rio de Janeiro, e não em Brasília, quebrando uma tradição.

Segundo o UOL, a escolha levou em conta a logística do retorno dos jogadores.

Em entrevistas recentes, o técnico Tite tem dito que “a ideia é não misturar política com futebol”.

Romário tem lancha e carros apreendidos

A Justiça do Rio de Janeiro apreendeu carros e lancha de Romário, informa a Agência Brasil.

A penhora dos bens de luxo será usada para quitar dívidas do senador com a empresa Koncretize, que prestava serviços de estacionamento no antigo restaurante dele na Barra da Tijuca.

Em nota, Romário, pré-candidato ao governo do Rio de Janeiro, diz que notícias vinculadas à sua vida financeira têm claro propósito de influenciar a disputa eleitoral.

Deixe um comentário