Você está visualizando atualmente Opinião | Quem vai para o segundo turno

Opinião | Quem vai para o segundo turno

A última pesquisa Ibope mostrou que a briga pelo governo do Amazonas vai ser disputada. Vamos ter uma eleição de dois turnos e tudo caminha para não termos zebras como vencedores.

Garantido

Amazonino Mendes (PDT) lidera as intenções de voto com 29% e tudo indica que tem cadeira cativa no segundo turno das eleições.

A briga deve ser pela segunda vaga e entre três candidatos.

Debutante

Wilson Lima (PSC) está em segundo lugar com 19% das intenções de voto. Vem fazendo uma campanha com pouca estrutura e terá pouco tempo de rádio e TV.

Deve faltar fôlego na reta final para sustentar a posição.

Arrancada

O senador Omar Aziz (PSD) vem na terceira posição das intenções de voto com 16% e crescendo.

Além de habilidoso nas articulações, conta com a maquina municipal e o apoio do prefeito Arthur Virgílio (PSDB), que apesar de andar cambaleando na avaliação popular, ainda detém um grande capital político que pode fazer a diferença na reta final do primeiro turno.

Pow pow pow

David Almeida (PSB) vem desidratando e caiu da segunda colocação para a quarta com 15% das intenções de voto.

Perdeu aliados importantes na construção da sua candidatura como a Rede de Luiz Castro e o PP de Rebecca Garcia.

Não é unanimidade no PT, de quem precisa dos militantes, do tempo de rádio e TV e comprou uma briga com o PCdoB da senadora Vanessa Grazziotin, que além de ter pego mal, deverá comprometer sua campanha.

David não conseguiu unir a oposição e construir um discurso que agregasse todas as frentes, mesmo que com algumas diferenças, em um objetivo comum e maior. E nesse jogo não pode haver erros.

Impugnação

O Ministério Público Eleitoral (MPE-AM) entrou com ações impugnando o registro de candidatura do vice-governador na chapa de David Almeida (PSB), Jorge Guimarães (PT), do deputado federal e candidato ao Senado, Hissa Abrahão (PDT), e de outra dúzia de candidatos ao cargo de deputados federais e estaduais.

Todos com pendências, ou no Tribunal de Contas da União (TCU) ou no Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM).

Semana decisiva

Já está nas mãos do juiz Marco Antônio Costa, para analise, a manifestação do PT e PSB sobre a possível composição com o PCdoB.

O PT e o PSB estadual seguem com o posicionamento contrário aos diretórios nacionais que querem a composição das siglas. E agora cabe à justiça decidir.

A decisão pode sair hoje, mas independente do resultado, quem se sentir prejudicado poderá recorrer. Essa história ainda vai dar muito “pano pra manga”.

Pernada

Com uma pernada só, o prefeito de Parintins, Bi Garcia (PSDB), derrubou um aliado de longa data, o senador Omar Aziz, e o ex-cunhado e companheiro de partido, Arthur Virgílio.

Bi declarou apoio à candidatura de Amazonino Mendes. A Ilha Tupinambarana tem o segundo maior colégio eleitoral do Amazonas com 68 mil votos.

Coca-Cola ameaça deixar ZFM

A Coca-Cola ameaça interromper sua produção de refrigerante na Zona Franca de Manaus caso Michel Temer não baixe medida devolvendo ao setor os incentivos cortados por conta da paralisação dos caminhoneiros.

Estamos correndo o risco de perder 15 mil empregos diretos caso Temer não volte atrás.

Se Temer não atender ao pedido, a Coca-Cola disse que pode destinar a produção do Brasil a alguma fábrica em país com incentivos fiscais. A Colômbia seria a principal saída.

Lula, Bolsonaro e o vazio

Na pesquisa CNT/MDA, Lula tem 37,3% dos votos.
Jair Bolsonaro aparece em segundo lugar, com 18,8%.
O resto simplesmente não existe:
Marina Silva: 5,6%
Geraldo Alckmin: 4,9%
Ciro Gomes: 4,1%
O resultado é estranhíssimo, mas é melhor se acostumar a essas pesquisas.

“Alckmin não chega ao segundo turno”

Jaques Wagner comemorou o apoio do Centrão nordestino ao presidiário Lula.
Ele disse para o Valor:

“Estou achando cada vez mais que Alckmin não chega ao segundo turno. Repare, o Centrão foi com ele, não foi? Mas e o Centrão do Nordeste, por acaso foi?”

Temer e os 3%

O governo Michel Temer (MDB) foi apontado como bom ou ótimo por 2,7% dos entrevistados em pesquisa CNT/MDA divulgada nesta segunda-feira (20).

Avaliaram negativamente a administração do emedebista 78,3% e disseram que a gestão é regular, 17,7%.

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook:
 facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

 

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 984132214                                                                                                                               

E-mail: [email protected]

Deixe um comentário