Opinião | Retomada das atividades econômicas no Amazonas

Opinião | Retomada das atividades econômicas no Amazonas

Opinião | Retomada das atividades econômicas no Amazonas

Desenhado pelo governo do Estado, o modelo de distanciamento controlado representa o primeiro passo de uma tentativa de espantar os impactos econômicos da crise do coronavírus.

Especialistas elogiam a promessa do governo do Amazonas de condicionar o funcionamento de empresas a indicadores da área da saúde, mas reforçam que a reabertura dos negócios exige cautela.

Mesmo com o reinício gradual das operações, a economia amazonense tem pela frente um cenário repleto de desafios até deixar os efeitos da pandemia no retrovisor.

Quatro Ciclos

Apresentado pelo governador Wilson Lima na última quarta-feira (27), o modelo de distanciamento controlado entra em vigor nesta segunda-feira (01), em todo o Estado.

O plano estabelece regras que deverão ser seguidas pelos setores público e privado, incluindo distanciamento, higiene pessoal, sanitização de ambientes, comunicação e monitoramento. O avanço para cada etapa do ciclo dependerá da curva de casos do novo coronavírus (Covid-19) na capital.

Shoppings

O funcionamento dos shopping centers de Manaus deverá seguir o cronograma de abertura gradual conforme o tipo de estabelecimento, assim como o limite de ocupação máxima de 50% da sua capacidade, de acordo com o estabelecido no decreto.

Igrejas e templos

As igrejas, templos religiosos, lojas maçônicas e estabelecimentos similares foram incluídos no primeiro ciclo de retomada, com início no dia 1º de junho, exceto para os grupos de risco.

Covid 19

Hoje o Amazonas totaliza 41.378 casos confirmados até este domingo, (31), Destes, 18.293 são de Manaus (44,21%) e 23.085 do interior do estado (55,79%).

São 2.052 o total de mortes pelo coronavírus.

Reforma Administrativa

Hoje (1) o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio, consolida as medidas da reforma administrativa e de redução de custos para fazer frente à recessão econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus, que está impactando na arrecadação do município, com queda de, aproximadamente, 30% a 40%.

Medidas

Entre as medidas estão a extinção de três secretarias, redução de 110 cargos comissionados, extinção e renegociação de contratos de aluguéis e com fornecedores, além de uma nova rodada de redução de custeio.

Plano de Contingenciamento

As novas medidas estão contempladas no plano de contingenciamento apresentado à Câmara Municipal de Manaus (CMM) em março deste ano, com previsão de corte de R$ 500 milhões no orçamento municipal.

Ajuste

“Não abro mão de trabalhar no limite da responsabilidade fiscal. Não corremos esse risco, porque o nosso comprometimento com pessoal hoje é de 42%. O que queremos fazer é ajustar Manaus ao seu orçamento, que está caindo. Vou terminar o mandato com uma prefeitura menor, mas que caiba dentro do orçamento, seja qual for o percentual de queda de arrecadação”, afirmou o prefeito Arthur Virgílio.

Sessão Híbrida

A Assembleia Legislativa do Amazonas começa a fazer os testes hoje para que em breve passe a ter sessões híbridas. A expectativa do presidente Josué Neto é que ainda essa semana o novo formato seja implementado.

O funcionamento será nos moldes do Congresso Nacional, onde os deputados podem decidir se vão participar presencialmente, ou de forma virtual.

PIB deve cair

Segundo o Boletim Focus, divulgado nesta segunda-feira, o PIB brasileiro deve recuar 6,25% em 2020. A projeção é de analistas consultados pelo Banco Central, que reduziram a projeção da economia do país pela 16ª semana consecutiva.

Na semana passada, a estimativa era de um recuo de 5,89%.

A projeção para a inflação também foi reduzida — de 1,57% para 1,55%.

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

 

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 98413-2214

Deixe um comentário