Você está visualizando atualmente Opinião | Semana decisiva para pré-candidatos

Opinião | Semana decisiva para pré-candidatos

Opinião | Semana decisiva para pré-candidatos

A Presidência do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) já emitiu nota afirmando que é impossível alterar a data-limite para filiação a um partido político para concorrer ao pleito municipal de 2020, que termina dia 04 de abril.

A impossibilidade se dá pelo fato do prazo estar previsto em legislação federal, portanto, necessitaria de alteração da norma legal.

Regras diferentes

Vale lembrar: as regras para filiação de candidatos militares da ativa são diferentes dos civis. Eles não podem ter atividade partidária. Ou seja, não podem ser filiados.

Por isso, a lei abre uma brecha que permite que os militares somente se juntem aos partidos nas convenções.

Definição

Josué Neto, um dos pré-candidatos a prefeito de Manaus, deve anunciar na quinta-feira (2) por qual partido irá disputar o pleito.

Fontes do Direto ao Ponto dão como certo que será um partido de direita, ligado ao presidente Bolsonaro.

Essa semana acaba a desconfiança de quem ainda acha que o superintendente da Suframa, Coronel Alfredo Menezes e o vice-governador, Carlos Almeida, também podem ser candidatos. Ambos ainda não estão filiados, apesar de Almeida já estar no comando do PTB.

R$ 23 milhões para municípios

O governador Wilson Lima anunciou, ontem (30), a liberação de R$ 23 milhões para os municípios, do interior, aplicarem em ações de combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Os recursos são oriundos do Fundo de Fomento ao Turismo, Infraestrutura, Serviços e Interiorização do Desenvolvimento do Amazonas (FTI), que tem possibilitado a ampliação dos investimentos na área da saúde em todos os municípios.

1ª parcela

Durante a atualização sobre a Covid-19 no Amazonas, o secretário de Saúde, Rodrigo Tobias, destacou que o montante que acaba de ser liberado corresponde à primeira parcela do FTI repassada neste ano e reforçará o enfrentamento à doença no interior do estado.

Nossa merenda

Câmara Municipal de Manaus (CMM) aprovou ontem (30) um projeto de lei da prefeitura que trata do programa “Nossa Merenda”. O programa consiste em um auxílio de natureza financeira no valor de R$ 50, para garantir a segurança alimentar dos alunos mais vulneráveis economicamente da rede pública municipal de ensino.

O programa terá duração de dois meses, abril e maio, e alcançará mais de 86 mil alunos, representando um investimento superior a R$ 2,1 milhões.

Direito

Terão direito ao auxílio todas as famílias de alunos matriculados pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) este ano e que estejam regularmente cadastrados no Cadastro Único (CadÚnico) da Secretária Especial do Desenvolvimento Social, vinculada ao Ministério da Cidadania.

Auxílio

De acordo com o prefeito Arthur Virgílio Neto, o programa é uma forma de minimizar os encargos das famílias que possuem filhos estudando regularmente e têm na merenda escolar a certeza de uma alimentação diária e que, agora, não podem contar com a refeição, dada a suspensão das aulas.

Outro Vilão

Com a recomendação para o isolamento social na prevenção à Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, a Prefeitura de Manaus chama a atenção sobre a importância do reforço na inspeção domiciliar para a eliminação dos criadouros do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Confirmados

Segundo a diretora do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica (Devae), da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Marinélia Ferreira, a principal preocupação no momento é com o crescente registro de casos notificados e confirmados de dengue este ano.

Os dados da Semsa mostram que, entre o mês de janeiro e o dia 20 de março deste ano, foram registrados 613 casos notificados e 193 casos confirmados de dengue.

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

 

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 98413-2214

WhatsApp: 92 99382-4598

Deixe um comentário