Você está visualizando atualmente Opinião | Wilson busca mais recursos federais

Opinião | Wilson busca mais recursos federais

Opinião | Wilson busca mais recursos federais

Durante uma reunião com o ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta, o governador do Amazonas, Wilson Lima solicitou que o Estado receba mais recursos do governo federal.

Isso porque essa semana o Governo do Amazonas descobriu que deixa de receber 10 milhões de reais por ano de verbas federais por descuido de gestões passadas.

Média e alta complexidade

O dinheiro deveria ser aplicado na área médica e poderia ser utilizado em tratamentos de média e alta complexidade.

Com as dificuldades encontradas pelo governo estadual, fruto de um caos nas contas públicas deixado por gestões passadas, a quantia não é se jogar fora, né!?!?

Pior índice

Os dados negativos não pararam por aí. O Amazonas é o estado brasileiro com menor repasse do SUS por pessoa.

Com isso, o governo estadual precisa arcar com cerca de 90% das despesas dos amazonenses.

Um absurdo que passou batido por governos anteriores e parlamentares de legislaturas passadas.

Explicação

“Esses recursos estão disponíveis, mas não eram utilizados pelo Amazonas porque não houve essa solicitação ao Ministério, não houve esse processo de habilitação”, afirmou o governador.

Wilson disse que os governos anteriores não repassaram as informações que o Governo Federal pede para disponibilizar essa verba. Ele afirmou que está correndo para resolver a situação o mais rápido possível.

Agora vai

Agora, a solicitação e o levantamento foram feitos ao Governo Federal.

O ministério da saúde prometeu enviar técnicos ao estado para analisar a situação nos principais hospitais.

A visita deve acontecer em 15 dias.

Paga propina sim

O vereador Chico Preto em discurso na CMM denunciou que o sistema de transporte coletivo da cidade é corrupto e paga propina. Chico disse que se a CMM instalasse uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) e ele fosse o presidente ou relator, os nomes das pessoas que sucumbiram a essa prática viriam à tona.

Pintaram e Bordaram

Chico Preto disse também, que ao longo da gestão do Prefeito Arthur Neto (PSDB) os empresários do setor “pintaram e bordaram” e não renovaram a frota, mesmo com uma verba específica para este fim.

“Onde está o dinheiro da depreciação do sistema de transporte coletivo? Onde estão os R$ 0,30 que em cada tarifa o cidadão paga para a renovação da frota? Esse dinheiro virou barco, virou lancha, virou mansão e propina para muita gente”, disse.

Tem que pedir perdão

“A Prefeitura não pode se dizer surpresa pelo que está acontecendo hoje com o transporte coletivo. O Prefeito Arthur tem que pedir perdão pelo o que ele permitiu que acontecesse no sistema de transporte coletivo. Ele deveria ter a humildade de pedir perdão pela negligencia com a qual se comportou em relação ao sistema de transporte coletivo”, disse o vereador.

Chamou atenção

O Presidente da CMM Joelson Silva (PSDB), chamou a atenção do vereador Chico Preto, por deixar no ar sua indagação sobre o pagamento de propina no sistema de transporte público e que isso poderia vir prejudicar o colegiado de vereadores.

“Vereador Chico, vossa excelência não pode deixar no ar este tipo de indagação, porque envolve todo um colegiado de vereadores. Este tipo de posicionamento, não procede. Se é algo desta envergadura, é uma situação grave, tem que dá nomes”, disse o presidente.

Lava Jato “tem que continuar”

Sergio Moro foi ao Twitter ontem à noite para comemorar a prorrogação por mais um ano da força-tarefa da Lava Jato, determinada por meio de uma portaria assinada por Raquel Dodge.

“Enquanto houver casos complexos de corrupção e que demandam atuação de esforço concentrado em equipe, a força-tarefa tem que continuar. Muito bem”, tuitou Moro.

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

 

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 98413-2214

WhatsApp: 92 99382-4598

Deixe um comentário