Opinião | Wilson tenta se explicar

Opinião | Wilson tenta se explicar

Uma bomba explodiu no comitê do candidato ao governo Wilson Lima, o suposto jantar com uma fã de 14 anos em 2012, sem a companhia dos pais.

Anúncios

O caso ganhou notoriedade quando foi noticiado primeiramente pela revista Veja no início da semana, que afirmou que Lima registrou um boletim de ocorrência contra uma garota de 14 anos, onde se dizia perseguido após um jantar com ela.

Nota à imprensa

Em nota divulgada à imprensa, Wilson confirma o jantar com fã, e afirma que após ser perseguido pela adolescente, na época, que passou a fazer postagens insistentes nas suas redes sociais, afirmando ser sua esposa, registrou um B.O dois anos depois, em 2014.

Pelos apoiadores de Wilson o caso é tratado como eleitoreiro, buscando prejudicar sua campanha para o governo nessa reta final. Pode até ser, mas que essa história está mal contata e que ainda existem muitos pontos a serem esclarecidos ninguém pode negar.

Folha de S. Paulo ataca ZFM

Em mais um reportagem publicada no dia 12, a Folha trata a Zona Franca de Manaus como “Promessa eterna”, e chama o modelo de desenvolvimento sustentável da Amazônia de “obsoleto”.

Além de afirmar em tom pejorativo que a Zona Franca de Manaus consome R$ 24 bilhões em renúncia fiscal.

Serafim defende ZFM

O deputado estadual Serafim Corrêa repudiou os ataques da Folha. E disse que o veiculo continua mantendo a visão elitista e paulistana que não consegue enxergar o Brasil além da Avenida Paulista.

“Não conseguem enxergar o Brasil como um todo. E isso é lamentável” afirmou Safara.

Ainda sobre a questão Serafim afirmou que nenhuma indústria viria para Manaus se não houvesse isenção de IPI e de Imposto de Importação. Elas só vêm para cá porque têm a isenção desses dois impostos. Mas, em compensação, elas pagam outros impostos, que fazem da ZFM, na Amazônia Ocidental e Oriental, a maior fonte de recursos em favor da União.

“A União aqui arrecada muito mais do que devolve”, disse Serafim.

Arranca rabo na ALEAM

Aconteceu mais uma confusão na Assembleia Legislativa do Amazonas na manhã de ontem, por conta das eleições que deixam os parlamentares com os nervos à flor da pele.

Dessa vez a briga foi entre o líder do governo, Dermilson Chagas (PP), e o vice-presidente da Assembleia Legislativa do Estado (ALEAM), deputado Abdala Fraxe (Podemos), que fez a mesa diretora da Casa encerrar a sessão ordinária mais cedo.

Os dois quase chegaram a ir para vias de fato, mas foram contidos por seguranças e pela turma do deixa disso.

O clima ficou tão tenso entre os “gigantes”, Dermilson e Abdala, que o líder do governo foi orientado a deixar a casa sob escolta até seu carro.

Motivo da briga

A briga entre eles começou quando Dermilson ocupou a tribuna para defender o Governo após criticas do deputado Sabá Reis (PR) à participação do governador Amazonino Mendes (PDT), no debate da TV Band.

O líder do Governo começou questionando a regularidade de uma compra de um terreno por 10,5 milhões, feita no governo David Almeida (PSB), de propriedade do pai de Abdala.

Comitê de Haddad

O PT-AM lançou na tarde de quinta-feira (13), no Centro de Manaus, o comitê de campanha do candidato à presidência Fernando Haddad (PT).

Haddad substituiu Lula na chapa petista, que tem como vice a ex-deputada federal Manuela D’Ávila (PCdoB).

Ciro Gomes em Manaus

O candidato à presidência da República Ciro Gomes (PDT) chega em Manaus nesta sexta-feira (14) para participar de agenda com Governador Amazonino Mendes.

Ciro participa da inauguração do comitê de campanha “Ciro 12”, em seguida, concede coletiva de imprensa, na nova sede no Vieiralves.

Às 20h30, Ciro Gomes e a comitiva dele seguem em carreata para o Dulcila’s, na Ponta Negra, onda participarão de um comício com correligionários, apoiadores, filiados e lideranças políticas.

General Mourão na área

O candidato a vice-presidente na chapa de Bolsonaro, general Hamilton Mourão, chega a Manaus na tarde desta sexta-feira (14) para participar de um encontro com empresários amazonenses às 14h no Hotel da Vince.

No sábado (15), Mourão participa de uma carreata, às 08h, com concentração na avenida Autaz Mirim, ao lado da garagem de ônibus da empresa Global Green, pró-Bolsonaro.

Dias decisivos para Bolsonaro

Os próximos dias serão cruciais para Jair Bolsonaro, diz a Folha.

Segundo cirurgiões e infectologistas ouvidos pelo jornal, ainda há riscos de infecções e de novas aderências no intestino delgado do candidato, após a cirurgia da última quarta-feira.

O impacto eleitoral do atentado

A XP mediu o impacto eleitoral do atentado a Jair Bolsonaro.

24% dos eleitores responderam que a chance de votar no candidato do PSL cresceu. 10% disseram que diminuiu.

O maior crescimento ocorreu entre os indecisos.

O lucro do guru

A Crusoé mostra que Paulo Guedes, o guru econômico de Jair Bolsonaro, faturou 600 mil reais na Bolsa de Valores, em operações fraudadas, segundo a Justiça.

Paulo Guedes negou envolvimento na fraude e disse para a reportagem: “Assim que comecei a ajudar numa campanha, começaram a aparecer as citações”.

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook:
 facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

 

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 984132214                                                                                                                               

E-mail: [email protected]

Deixe um comentário