Opinião | Zé Ricardo critica Lava Jato e reitera: “Lula é inocente” 

Opinião | Zé Ricardo critica Lava Jato e reitera: “Lula é inocente” 

Opinião | Zé Ricardo critica Lava Jato e reitera: “Lula é inocente”

Ontem (11), o advogado do ex-presidente Lula, José Roberto Batochio, disse ao Valor que se o STF acatar a tese da defesa e inocentar Lula, acusando Sergio Moro de parcialidade, todos os outros condenados da Lava Jato também poderão ser inocentados.

Em outras palavras, a defesa de Lula promete tentar anular a Lava Jato.

⭕

Ato Nulo

“Eu acho que o STF, se acolher a tese de que o juiz que sentenciou era suspeito, portanto inabilitado para fazê-lo do ponto de vista técnico-jurídico, o ato é absolutamente nulo. E, sendo nulo, eu tenho comigo que efetivamente se aproveita a todos os que foram alcançados por essa sentença”, reiterou o advogado, afirmando ainda que as delações premiadas seriam igualmente jogadas no lixo.

⭕

Candidato em 2022

A manobra evoluiu para a possibilidade de que, livre das condenações, Lula possa ser candidato a presidente em 2022.

Além disso, devolveria ao ex-presidente o discurso da injustiça, da parcialidade da sua prisão e da conspiração para tirá-lo da última eleição.

⭕

Inconstitucional

O Direto ao Ponto, quis saber o que os parlamentares ligados ao partido de Lula entendem sobre esta declaração do advogado e sobre o processo da Lava Jato.

O deputado José Ricardo (PT) nos disse que não conhece os detalhes do processo da Lava Jato e nem do processo citado no STF, mas que Lula foi condenado sem provas e que isso é inconstitucional.

⭕

Justiça

“Lula afirma que é inocente e já provou isso. Eu acho que o STF tem que fazer justiça em relação ao Lula que não cometeu crimes”, falou Zé Ricardo.

⭕

Politização

Zé Ricardo acrescentou: “Eu acho que tem que se garantir a defesa e o contraditório. O Lula apresentou provas de sua inocência que não foram julgadas e existem fortes indícios de politização das decisões do juiz. Então, o STF está vendo a questão que é muito importante, pois temos que prezar pela justiça verdadeira. O contraditório é fundamental, mas tem que ter provas para condenar alguém. E isso está claramente na legislação penal e constituição brasileira”, finalizou o parlamentar.

⭕

Imparcial

Na mesma linha de pensamento que Zé, o deputado estadual Sinésio Campos (PT) informou que faltou imparcialidade nas decisões do juiz.

“A partir do momento que o magistrado toma posição política, ele acaba ficando sempre em suspeição. E o que a gente quer sempre do judiciário é que faça justiça”, comentou.

⭕

Adereços

Questionado sobre o que ele acha a respeito da operação Lava Jato, o deputado salientou que o “Foco” era no Lula e que os outros presos na operação foram adereços.

⭕

Chantagem

E no contraponto aos dois deputados do PT, o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM) deputado Josué Neto (PRTB), foi curto e direto ao ponto.

“Não concordo com a tese judicial do advogado do senhor LULA. Me faz perceber que se trata de chantagem”, informou Josué.

⭕

Corte no MEC

O Ministério de Educação, uma das principais pastas do Governo Federal, vai ter menos verba no ano que vem. A redução deve ser de R$ 4,2 bilhões. Uma boa quantia, certo?

A pandemia tem trazido muitos reflexos negativos para o país e a baixa acontece por causa da queda na arrecadação.

⭕

Quem perde

Com menos dinheiro para gastar, algumas áreas vão sofrer impactos grandes. Os reitores de Universidades federais já anunciaram que a conta pode não fechar em 2021.

Só o ensino superior e os institutos federais podem ter um rombo de R$ 1,4 bilhão. Muitos reitores falaram que a redução vai ser cruel e é capaz de inviabilizar as atividades.

⭕

UFAM

No ano passado, o executivo havia anunciado um bloqueio de R$ 38 milhões no orçamento da Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Uma decisão judicial tirou a instituição do sufoco. Essa nova possibilidade traz instabilidade à Ufam e ainda não se sabe o quão a universidade será atingida.

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

 

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 98413-2214

Deixe um comentário