A carta de Temer para Raquel Dodge

A carta de Temer para Raquel Dodge

Michel Temer enviou uma carta a Raquel Dodge comentando sua inclusão no inquérito que investiga supostos pagamentos de propina da Odebrecht em troca de favorecimento pela Secretaria da Aviação Civil.

Anúncios

O presidente disse à PGR que encaminhava “por mero interesse acadêmico” cópia de um parecer de Ives Gandra Martins sobre a possibilidade de presidentes serem investigados por atos anteriores ao seu mandato.

“Reitero que o objetivo é meramente acadêmico, já que não me insurgirei contra o despacho dado pelo ministro Fachin acolhendo sua postulação”, acrescenta Temer.

Até agora, o presidente é muito mais cordial com Raquel Dodge do que com o antecessor, Rodrigo Janot. Mas nesse caso –vejam só– Temer concorda com Janot, que não o incluíra no inquérito.

Deixe um comentário