O que esperar de 2018

O que esperar de 2018

  • Post Author:
  • Post Category:Sem categoria
  • Post Comments:0 Comentários

Janeiro terminou e fevereiro promete ser um mês de grandes emoções. Então vamos Direto ao Ponto: Com a proximidade das eleições e as investigações locais e nacionais avançando cada vez mais, os ânimos se acirram. Será o momento de separar o joio do trigo.
A corrida eleitoral que se inicia promete ser acirrada e imprevisível, separando aliados históricos e unindo os mais improváveis adversários. Salve-se quem puder!

Com a palavra, Negão

O governador Amazonino Mendes participa, na manhã desta quinta-feira (1), da abertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa do Amazonas com a tradicional leitura da mensagem anual.

Candidatíssimo

Amazonino, que vem arrumando a casa desde que assumiu o governo, prepara o terreno para uma campanha difícil, com grande desgaste da classe política, recursos escassos, e uma possível debandada de aliados, que lhe garantiu musculatura em uma das eleições mais atípicas e tranquilas que o Amazonas já teve.

Distanciamento

Fontes próximas dizem que essa debandada se dá pelo fato de Amazonino não ter cumprido acordos, não se sabe se “republicanos”, firmados na última eleição suplementar, que o elegeu Governador após a cassação do ex-governador do Amazonas, José Melo.

E o David

O ex-governador e presidente da Aleam, deputado David Almeida, conduz os trabalhos de abertura da Casa com um olho no peixe e outro no gato. David, que já tem planos para alçar voos mais altos nas eleições desse ano, busca compor uma frente ampla de oposição para enfrentar o Gigante ou, os Gigantes e tentar repetir o final dessa famosa história.

Câmara Municipal de Manaus

Dia 6 de fevereiro, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, marca o retorno das atividades na Câmara Municipal de Manaus, com a abertura dos trabalhos na Casa e a leitura da mensagem anual.

Presidenciável

Arthur, que tem “pretensões nacionais”, mobiliza sua estrutura para mostrar força, pelo menos, em Manaus. Vai ter pela frente algumas interrogações de sua gestão para prestar contas com a população.

Enquanto isso no Congresso Nacional

A Câmara dos Deputados e o Senado Federal retornam aos trabalhos legislativos na próxima segunda-feira, dia 5, na expectativa de votar a reforma da Previdência. A leitura da mensagem do Executivo encaminhada pelo Chefe de Estado é um dos pontos altos da cerimônia.
Mas esse ano, ainda não foi confirmada a presença do presidente da República Michel Temer.

 

Dizem por aí que o Governador Amazonino escalou o secretário extraordinário de governo, Samuel Hanan, para tentar uma reaproximação com o Senador Omar Aziz.

Quem está próximo de Omar, diz que não há mais possibilidade de os dois caminharem juntos em 2018.

Deixe um comentário