Opinião | Bolsonaro pode ter que optar por ZFM ou Paulo Guedes

Opinião | Bolsonaro pode ter que optar por ZFM ou Paulo Guedes

Opinião | Bolsonaro pode ter que optar por ZFM ou Paulo Guedes

Parte do staff do ministério da Economia, comandado por Paulo Guedes, andam insatisfeitos com alguns posicionamentos do presidente da República.

É que segundo eles, Bolsonaro, andou concedendo algumas bondades, entre elas, citam o subsídio a indústria de refrigerante a Zona Franca de Manaus (ZFM). Um visão obtusa de pessoas que não tem interesse em entender a importância da ZFM para a preservação da região Amazônica e para a manutenção dos empregos no Amazonas.

Novos decretos

No último dia (15) Bolsonaro garantiu em vídeo ao deputado federal Silas Câmara (Republicanos) que iria editar um novo decreto concedendo o incentivo a indústria de concentrados da ZFM, e isso gerou muitos incômodos na equipe de Paulo Guedes, que ressaltaram que medidas como essa vão na contramão da política liberal que o ministro sempre gostou de defender. Além do subsídio, outra ideia que vem irritando os auxiliares, está a possível criação de fundo para evitar a alta no preço de combustíveis.

Segundo os assessores do Ministro, apostam que, se Bolsonaro der aval para tais medidas, seriam grandes as chances de Paulo Guedes pedir demissão.

Não Surpreende

Para o deputado federal Silas Câmara (Republicanos), estas declarações nada o surpreende, pois, o Ministro nunca disfarçou que ele não gosta do estado e nem da ZFM.

“Em todas as nossas reuniões ficou claro que ele não gosta do Amazonas e nem do nosso modelo de desenvolvimento regional”, disse Silas que completou dizendo que não acredita que Guedes possa pedir demissão como forma de chantagem para impor suas decisões.

Novo modelo de desenvolvimento

E quem apareceu nas redes sociais para comentar sobre a redução da alíquota dos concentrados de bebidas foi o ex-governador Amazonino Mendes, que afirmou que Bolsonaro deve se espelhar nos militares, tratando a ZFM com a devida importância que ela tem para o Amazonas.

“Enquanto não for encontrado um novo modelo de desenvolvimento sustentável para a nossa região, o abandono deste projeto sem um novo projeto certamente criaria um desemprego sem precedentes, criando graves problemas sociais e até climáticos”, afirmou Amazonino.

Ataque Hacker

O Ministério Público Federal em Brasília denunciou nesta terça-feira (21) Glenn Greenwald e outros seis envolvidos no ataque hacker contra o ministro Sergio Moro, o procurador Deltan Dallagnol, ministros do STF e centenas de outras autoridades.

Segundo a denúncia, Greenwald “auxiliou, incentivou e orientou, de maneira direta, o grupo criminoso”.

Ataque a democracia

O Partido dos Trabalhadores, do deputado federal José Ricardo emitiu nota e classificou o ato como mais um episódio de abuso de autoridade e usurpação de competência.

“A denúncia criminal do MPF contra o jornalista Glenn Greenwald, editor do site The Intercept Brasil, tem uma motivação é clara: Vingar-se pelas reportagens que denunciaram os crimes da Lava Jato e confirmaram a parcialidade de Sergio Moro e seus procuradores.”, afirma um trecho da nota.

Labuta

Depois do recesso parlamentar de fim de ano, a Assembleia Legislativa do Amazonas retorna às atividades no dia 4 de fevereiro. A sessão deverá contar com a presença do governador Wilson Lima, que fará a leitura da Mensagem Governamental aos integrantes do Poder Legislativo.

O governador deverá fazer um balanço do ano de 2019 e destacar as principais ações e medidas para o ano de 2020.

Encontro marcado

O evento promete fortes emoções. A expectativa pelo reencontro de Wilson Lima e Carlos Almeida com Josué Neto, é grande no meio político. Hoje eles se encontram em lados opostos do tabuleiro político.

Economia de R$ 36 milhões

O governador Wilson Lima anunciou que o Amazonas vai economizar R$ 36 milhões por ano com a contratação direta dos técnicos de Enfermagem.

“Antes nós pagávamos por mês para essas empresas R$ 8,3 milhões. Agora, diretamente para esses servidores, vamos começar a pagar por mês R$ 5,3 milhões. Ou seja, estou economizando todos os meses R$ 3 milhões”, destacou o governador.

 

 

Siga a Direto ao Ponto:

Facebook: facebook.com/diretoaopontonews1

Instagram: @diretoaopontonews

Twitter: @diretoaoponto1_

 

Fale com a gente:

WhatsApp: 92 98413-2214

WhatsApp: 92 99382-4598

Deixe um comentário