Você está visualizando atualmente Plínio Valério emite nota criticando a imprensa: “Fui alvo de notícias falsas”

Plínio Valério emite nota criticando a imprensa: “Fui alvo de notícias falsas”

“Infelizmente algumas pessoas e certa parte da imprensa não aceitaram com dignidade a vontade popular e continuam afrontar a população e sua escolha.

Depois de uma campanha baixa, em que fui alvo de várias notícias falsas – dado comprovado na justiça, vejo que continuam a utilizar da mentira como arma política.

Na mesma semana em que adversários prometeram que a nossa vitória e a vitória do povo do Amazonas “não ia ficar assim”, uma informação falsa foi divulgada por vários portais de notícias do Amazonas, dando conta de que eu sou dono de um CNPJ que deveria R$ 1.500.000,00 (hum milhão e quinhentos mil reais) ao fisco.

Estes portais utilizaram como “fonte” o Jornal O Estado de São Paulo, que publicou, sem ouvir nossa opinião, que eu possuo uma pendência no valor de R$ 1.500,00 (hum mil e quinhentos reais) com a receita federal, valor que incorretamente estava informado como sendo de pessoa jurídica.

A realidade dos fatos é que este valor de R$ 1.500,00 não era nenhum tipo de dívida e menos ainda vinculado a um CNPJ, este valor se refere a 2 parcelas do meu imposto de renda, referentes aos meses de outubro e novembro, imposto este que pago anualmente de maneira parcelada como grande parte dos brasileiros e que estava sendo pago em dia, inclusive já quitado agora.

Aos que criaram esta mentira, desejo que a paz do senhor Jesus Cristo tire este ódio e este rancor de seus corações, respeitar e aceitar a vontade popular é critério básico da democracia.

Aos demais jornalistas que republicaram a notícia sem má fé, agradeço as erratas e deixo meu gabinete e meu telefone à disposição de vocês, para a checagem de quaisquer fato que envolva o meu nome, o trabalho da imprensa é fundamental à democracia, mas somente se feito de maneira ética e honrada.

Agradeço a atenção dispensada e reafirmo aos jornalistas e a todo povo amazonense que honrarei o voto de confiança recebido por 834.809 eleitores e que meu CPF limpo, continua limpo.”

Plínio Valério

Deixe um comentário