Zé Ricardo lança plataforma “A Manaus que Queremos” e diz que ainda não tem vice

Zé Ricardo lança plataforma “A Manaus que Queremos” e diz que ainda não tem vice

Zé Ricardo lança plataforma “A Manaus que Queremos” e diz que ainda não tem vice

Em coletiva de imprensa, nesta manhã (13), o deputado federal e pré-candidato à prefeitura de Manaus, José Ricardo (PT), lançou uma plataforma digital “A Manaus que Queremos”, que receberá propostas da sociedade para a construção do seu Plano de Governo Municipal (2021-2024), de forma democrática e participativa.

Durante a coletiva, Zé Ricardo falou sobre o que pensa para Manaus, as alianças e as perspectivas diante das sinalizações positivas das recentes pesquisas para a eleição deste ano e disse que seu diferencial para os demais concorrentes é a transparência. E segundo ele, é isso que o torna mais próximo da população.

“As pessoas serão ouvidas antes, durante e depois da campanha, além de contarem com as prestações de contas, que desde quando era vereador fazia e ainda faço. Nossa administração será transparente e totalmente diferente das demais gestões que já passaram e que ainda estão”, disse.

Em participação especial no lançamento da plataforma em Manaus, a ex-ministra-chefe da Secretaria de Direitos Humanos, Ideli Salvatti, que, atualmente, coordena essa plataforma do Partido dos Trabalhadores, em nível nacional, destacou que o PT já governou várias capitais da Amazônia e tem experiência acumulada que poderá ajudar numa futura administração de José Ricardo. “Porque é na nossa cidade que começamos a ser feliz. E como diz o presidente Lula: ‘quando fazemos “com”, fazemos sempre melhor’. Fazer esse plano com a sociedade é sempre melhor”.

O pré-candidato entra na segunda fase da construção do seu Plano de Governo que amplia a construção com a ferramenta digital, ouvindo todos os setores.

E por falar ouvir todos, o parlamentar disse que gostaria de ter um arco de aliança esquerdista, junto com Psol, Rede, PCdoB e PSB. No entanto, nesta última semana, o que se viu é que o PSB aderiu à campanha de Ricardo Nicolau do PSD.

Questionado sobre estas mudanças, Zé Ricardo foi curto e Direto ao Ponto quando falou que ainda mantém o diálogo com os demais partidos, antes que ocorra a convenção do PT, marcada para o dia 13 de setembro.

“O diálogo com os partidos ainda se mantém, apesar da semana passada o PSB ter decidido aderir à campanha de outro candidato, por influência da executiva nacional. Mesmo assim, estamos otimistas”, contou.

O Direto ao Ponto, perguntou a Zé Ricardo como estaria a escolha do seu vice na chapa e se ele já teria um nome para apresentar.

“A indicação para vice deve ser alguém que vá somar junto conosco, nesta preparação de governo e que esteja preparado para ser vice e construir uma campanha para mudar a cidade de Manaus. Pois, o prefeito e o vice tem que estar na rua ouvindo todos dias as pessoas e tendo o mesmo compromisso antes de ser eleito. Então, o vice deve surgir do diálogo que ainda estamos tendo com os outros partidos. E que em breve estaremos fechando e anunciando”, comentou.

Em relação a ter apoio de lideranças nacionais para fortalecer sua campanha, como do ex-presidente Lula, ele salientou que seria ótimo.

“O Lula fez muito pela cidade e o povo tem muito carinho e agradecimento. Foi ele que prorrogou a Zona Franca de Manaus. A zona leste tem água graças ao Lula, que liberou recursos para o Programa Águas para Manaus (Proama). Temos programas sociais que até hoje estão presentes como o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e o Bolsa Família”, lembrou o petista afirmando “Se o Lula puder vir, vai ser ótimo e importante para fortalecer essa caminhada”.

Após finalizar a primeira e segunda fase do seu plano de governo que ainda estão ocorrendo desde o ano passado, como reuniões virtuais, envolvendo toda a sociedade, entidades, trabalhadores, lideranças de bairro, gestores, especialistas, professores, estudantes, nas mais diversas áreas, também agregando informações, sugestões e propostas de futuras políticas públicas municipais. Entrará na terceira fase para consolidar todas as propostas.

“E nossa terceira fase será a consolidação de todas as propostas recebidas, elaborando um Plano de Governo para Manaus que possa melhorar a vida da população em todos os bairros, da região do centro até a área rural da capital”, declarou o pré-candidato.

Deixe um comentário