Assembleia Legislativa cassa Título de Cidadão do Amazonas de Durango Duarte

Assembleia Legislativa cassa Título de Cidadão do Amazonas de Durango Duarte

Assembleia Legislativa cassa Título de Cidadão do Amazonas de Durango Duarte

O plenário da Assembleia do Amazonas revogou nesta quarta-feira (26), por 15 votos favoráveis e dois contra, o Título de Cidadão do Amazonas do pesquisador Durango Duarte, após o mesmo debochar da comenda recebida pelo Poder Legislativo e ainda afirmar que a ALE-AM deveria ser fechada.

Anúncios

O presidente Roberto Cidade afirmou que Durango já afrontou o povo do Amazonas e o parlamento de maneira desrespeitosa por duas vezes.

“Nós somos um poder. E ele quis ser mais forte que esse poder. Quis nos menosprezar e não podemos aceitar isso.”

O autor do projeto, Deputado Fausto Jr, reiterou que a revoga ao título desse cidadão, não é um ataque à democracia, à liberdade de expressão, ou censura, como o empresário tenta fazer parecer. E sim uma resposta ao desrespeito do mesmo para com a Assembleia, para com o que ela representa e para com o povo do estado.

O decano deputado Belarmino Lins, que votou favorável à revogação, se disse favorável à revogação “para que sirva de exemplo que o Título de Cidadão do Amazonas é uma comenda muito séria e honrosa, para aqueles que merecem e não para aqueles que desmereceram através de atitudes.”

O deputado Péricles, relator do projeto, cobrou da Câmara Municipal de Manaus, também desrespeitada, que investigue um contrato suspeito do publicitário recentemente renovado com a prefeitura de Manaus de R$ 19 milhões.

Entenda o caso

Semana passada, em entrevista a um portal local, Durango Duarte criticou os deputados por não apreciarem os pedidos de impeachment do governador do Amazonas e afirmou que eles ganham muitos benefícios sendo aliados do Poder Executivo.

“Olhe para um Deputado, olhe bem nos olhos dele, observe os gestos dele, aí tu fazes uma conta assim e pega no papel: Quantos cargos possui no Governo? Quantas empresas de amigos ele tem no Governo? Quais são os interesses dele futuro? Quais são as emendas que ele tem no interior do Estado? – Um Deputado, você analisa por aqui. Aí, provavelmente, muitos Deputados não teriam muitos motivos para pedir o impeachment do Governador, porque perderiam tanto. Será que vale a pena perder todos esses benefícios?”

Em outro momento, o publicitário afirma que o custo do Poder Legislativo para o contribuinte é muito alto e que o trabalho que os deputados entregam não justifica os valores destinados aos parlamentos. Ele também cita o título que recebeu da Assembleia do Amazonas.

“Então, como o deputado não tem muito o que fazer, fica dando título – até pra mim já deram título, título de cidadão amazonense – aí é título disso, é medalha de ouro disso é não sei o que. Aí o que que acontece: o Deputado perdeu o papel dele. De propor, de discutir o orçamento e um serie de questões. Então a Assembleia é uma instituição que para a população, se ela não existisse, não faria a menor diferença. (…) Assembleia não discute, a Assembleia não trata dos problemas do Amazonas”.

Para o deputado Fausto Jr., a fala de Durango Duarte “ultrapassou todos limites aceitáveis”. E conclui: “Desta forma, sendo inconcebível as ofensas proferidas a instituição e aos nobres parlamentares desta Casa e os deboches direcionados a homenagem conferida, mostra-se justa e inafastável a presente propositura, visando revogar a Lei n. 444, de 19 de dezembro de 2019, que concedeu o Título de Cidadão do Amazonas ao Senhor Durango Martins Duarte.”

Deixe um comentário