You are currently viewing Políticos amazonenses prestam solidariedade após trágica morte de irmã do prefeito de Barreirinha

Políticos amazonenses prestam solidariedade após trágica morte de irmã do prefeito de Barreirinha

Políticos amazonenses prestam solidariedade após trágica morte de irmã do prefeito de Barreirinha

Anúncios

A jornalista Melina Seixas Tavares, irmã de Glênio Seixas (MDB), prefeito do município de Barreirinha, morreu na noite do último sábado (5), vítima de uma parada cardíaca após complicações em uma cirurgia bariátrica.

Filha do ex-prefeito do município Gilvan Seixas (MDB), Melina estava em Manaus para realizar sua cirurgia bariátrica com o médico gastroenterologista Edson Ritta Honorato. Segundo o relatório do Instituto Médico Legal, às 09 da manhã Melina começou a apresentar complicações e acabou sendo levada para o Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, vindo a óbito às 18h20 devido a uma parada cardíaca, cujas causas ainda não foram esclarecidas.

No relatório do Instituto Médico Legal (IML) consta que a morte da jornalista foi por causa indeterminada e que aguarda resultados de exames.

O falecimento da jornalista repercutiu no meio político. O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), deputado Roberto Cidade (PV), emitiu uma nota de pesar em nome de todos os parlamentares expressando “suas mais sinceras condolências, rogando a Deus que dê conforto a todos neste momento de dor e tristeza”.

A prefeitura de Barreirinha também emitiu uma nota de solidariedade lamentando o falecimento da jornalista e prestando sentimentos ao prefeito Glênio e ao ex-prefeito Gilvan Seixas. O executivo municipal também declarou luto oficial de três dias.

O senador Eduardo Braga (MDB), também externou sinceras condolências pela morte de Melina. “Meus sentimentos a toda família, em especial ao amigo e prefeito de Barreirinha, Glênio Seixas”, escreveu o senador.

Deixe um comentário